Archive for the ‘Intimidade com o Pai’ Category

 

Graça e paz,

Gostaria de apresentar este lançamento. Tive a alegria de gravar com Matheus Ortega no meu Segundo Cd – Mergulho (Ministério Tornado de Fogo – Worship Soaking), sei que ele e seus irmãos estão debaixo de uma Unção Celestial. Este novo projeto é chamado “Os Ortegas”, assista ao vídeo abaixo e também faça parte deste projeto.

 

 

 

 

 

 

Revolisyon Lanmou – Haiti
2010

Nós acreditamos na Revolução do Amor no Haiti. Esta nação foi destruída por um terremoto em Janeiro, e cremos que o papel da Igreja é ajudar a estas pessoas com comida, água e esperança. Junte-se a nós com oração, doação e amor a este povo tão querido.

 Clipe Revolução do Amor – Haiti

 

Matéria de Matheus Ortega na viagem ao Haiti – Março/2010:
http://www.gersonortega.com/2010/03/17/haiti/

Matéria de Gerson Ortega sobre o Haiti na Show Gospel:
http://www.showgospel.com.br/modules/news/article.php?storyid=162

Matéria de Alyson Montrezol, fotógrafo e cineasta – “Há Vida Sob os Escombros”:
http://alysonmontrezol.com.br/?p=11

Matéria de Matheus Ortega na viagem ao Haiti – Abril/2010:
http://www.gersonortega.com/2010/05/02/o-haiti-e-a-revolucao-do-amor/#more-824

Para mais informações sobre o trabalho no Haiti, entre em contato com a organização Mais no Mundo:
maisnomundo@gmail.com

Advertisements

Não existe essa coisa de alguém ser cheio do Espírito Santo que vai lhe durar daqui  à eternidade

Ele te deixará sozinho para ver se você irá lutar pela Sua unção ou se continuará na sua própria eloquência e habilidade.

O Senhor Teu Deus é um Deus Ciumento.

“TROLL”-   “SÍNDROME DO PAVIO CURTO”

Síndrome em medicina é o Estado Mórbido  caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas, e que pode ser produzido por mais de uma causa. Caracteriza- se por alterações de conformação.

Em Psicologia a Síndrome é um padrão de sintomas relacionados entre si que caracteriza determinado distúrbio ou doença. Dá-se igualmente o nome de síndrome a um aglomerado ou organização de traços de personalidade ou outros padrões de comportamento.

O distúrbio é uma perturbação orgânica ou social. A Síndrome é uma perturbação psíquica e no comportamento decorrentes de disfunções  somáticas. O que é uma disfunção? É uma função deteriorada e que se realiza em condições anômalas. A Anomalia é uma irregularidade, anormalidade. A Anormalidade é um desvio mais ou menos extremo e prejudicial das condições “normais de equilíbrio, integração e ajustamento, tendo por causa direta ou indireta fatores patológicos ou mórbidos”. Somático refere-se ao corpo. Soma então é o corpo como um todo orgânico. Tudo o que é parte integrante do corpo, excluindo as funções mentais, chama-se “somático”. Incluindo as funções mentais, o termo é “psicossomático”.

Distúrbio Psicossomático é um distúrbio que é causado por uma combinação de fatores orgânicos e psicológicos. Nas perturbações de natureza psicossomática, podem ocorrer mudanças de tecido, como no caso das úlceras gástricas. Certos distúrbios psicossomáticos, como as reações alérgicas são claramente desencadeadas pela invasão de proteínas estranhas ao corpo. Contudo, o estado psicológico do paciente influi imenso no modo como reage a essas substâncias.  A Correlação Psicossomática é a relação mútua entre os fenômenos psíquicos (normais, anormais ou patológicos) e os estados corporais ( somáticos).

“Síndrome do Pavio Curto”-

Uma pessoa que sofre da Síndrome do Pavio Curto não tem autodomínio e, nem autocontrole. Não tem a capacidade de controlar o comportamento impulsivo. Age sem reflexão. A maioria das funções orgânicas é alterada violentamente, aumentando a excitabilidade nos centros nervosos, dando um circuito nervoso,  ocasionando um impulso neural desde um receptor, através de um ou mais neurônios de ligação, até um órgão executivo ou efetor. A Defesa Neurótica bloqueia a expressão saudável do impulso instintivo, provocando, assim, um surto neurótico. Uma manifestação relativamente súbita de atitude impulsiva acontece, irrompendo com ímpeto ou violência. O indivíduo que sofre da Síndrome do Pavio Curto é impaciente, se aborrece com facilidade, se importuna por qualquer motivo, reage com irritabilidade, do seu interior brota uma turbulência descontrolada,  arranca impulsivamente para a agressão, se comportando sob tensão emocional. Os músculos são forçados  por uma contração e, em qualquer momento  acontecerá uma explosão, um ímpeto, uma  fúria. Uma excitação emocional aguda com repercussões no comportamento faz com que o indivíduo perca a capacidade visual, ficando cego de raiva, perdendo a sensibilidade da clareza de uma situação.

Na internet está acontecendo o TROLL. Este é um provocador sem rosto. Sua única intenção é tirar a pessoa do controle emocional, agindo nos desejos e sentimentos, descontrolando  o indivíduo através de insultos, zombaria, palavras grosseiras, sarcástico, etc. Uma pessoa que age desta maneira é considerada inepta, sem nenhuma aptidão. Este tipo de indivíduo não tem um sinal identificador, pois, não tem caráter, suas características são: imbecil, tolo, vaidoso, presunçoso, idiota, ignorante, etc. Em Psiquiatria diz-se de, ou aquele que sofre de idiotia.  No popular é estúpido, grosseiro, falto de discernimento.

A mente é o campo de batalha. Alguns pensamentos tem origem em nós mesmos, enquanto outros  provém diretamente do inimigo ou adversário. O homem vai travar uma guerra espiritual contra os desejos dentro de si mesmo. Existe um Sistema Mundano para gerar conflito na humanidade. O ser humano não é onipresente, onisciente nem onipotente. Ele é criado à imagem de Deus, mas não tem os atributos de Deus. O homem não pode estar em dois lugares ao mesmo tempo, não pode ver o futuro e não sabe discernir entre o bem e o mal. Nenhum ser humano é dotado de capacidade para entrar nos pensamentos de outra pessoa. Quando aparecer o provocador, deve-se estar atento para não se perder o controlo emocional. Geralmente a pessoa com Síndrome  do Pavio Curto, aceita a provocação e perde a razão, avança com impetuosidade, e, movido por uma força descontrolada age sem domínio próprio, desequilibrado , explode avançando ao ataque ou à provocação.

Conhece- se uma pessoa através de uma personalidade que é biologicamente definida como o órgão governante ou instituição superordenada do corpo.  Como tal está localizada no cérebro. Sem cérebro não existe personalidade (Murray). Por personalidade entendemos “os padrões característicos e distintivos de pensamento, emoção e comportamento que definem o estilo pessoal de um indivíduo e influenciam suas interações com o ambiente”( ATKINSON et al.,1994,p.394).

Para compreender o comportamento dos semelhantes, é necessário entender o básico dos processos mentais dos seres humanos.

Para Platão existe um mundo dualista: a- Mundo Material-  decaído e alienado, uma reprodução imperfeita, uma imitação malfeita, uma participação limitada em um mundo ideal; b- Mundo das Ideias- perfeito, eterno, incorruptível e divino.

Ideia- entre outras definições significa elaboração intelectual, portanto, é uma elaboração da alma (lê-se Mente). Para Platão, a alma se relacionava apenas com as ideias puras e pertencia a Deus, enquanto o corpo, a Satanás.

“Homem Espiritual”

Ideias puras seria a disposição firme e constante para a prática do bem. Força moral. Qualidade própria para produção virtuosa que é a técnica em alto grau do domínio  próprio , controle emocional, serenidade no pensar,  examinar as palavras, ponderar as ideais, etc. As ideias relacionam- se com a alma que significa, o conjunto das funções psíquicas e dos estados de consciência do ser humano que não tem realidade física ou material.

“Homem Natural”

O homem natural : 1 Co 3.3 Porque ainda sois carnais, pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois, por- ventura, carnais e não andais segundo os homens?

O homem natural  age como fermento. O fermento tem uma ação fermentadora que ilustra o poder de corrupção do mal. Ele é astuto, sua conduta é inescrupulosa, traiçoeiro, maldoso, sagacidade, arrogante, enganador, tentador, mentiroso, sábios do mundo, materialista, etc.

O prazer do homem natural  é, arruínar através da corrupção ou sedução; portanto qualquer exemplo de costumes indignos, imaturos ou imperfeitos pode ser aplicado, através de falso ensinamento, por orgulho e rancor ou por imoralidade .Tenta destruir oferecendo bens materiais corrompendo as pessoas e, a si mesmo.1 Co 3.19 Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia.

1 Co 3. 16 Não sabeis  vós que sois o Templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?

A Natureza Humana é criada à imagem de Deus, é Trina e Uma, composta de três componentes, a saber: espírito, alma (mente) e corpo.

O espírito pode ser definido como o componente imaterial do ser humano, em que reside nossa faculdade espiritual, inclusive a consciência. É principalmente através desse componente que se tem comunhão com o Espírito de Deus.

A alma frequentemente traduzida por “vida”, pode  ser definida, de modo resumido, como os aspectos imateriais da mente, das emoções e da vontade, no ser humano, resultantes da união entre o espírito e o corpo.

O corpo pode ser definido, em resumo, como o componente do ser humano que volta ao pó quando a pessoa morre (às vezes é chamado “carne”).

O homem será moldado entre duas forças: destrutiva ou construtiva, negativa ou positiva, mal ou bem. Ele tem o livre arbítrio que é o direito de escolha.

Para uma mudança de vida é necessário uma disciplina. Mc 3. 27  Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não manietar o valente; e, então, roubará a sua casa.

O ser humano é então formado de: corpo, alma e espírito. É regido por forças do bem ou do mal. Ele é um templo ou uma casa onde existe um caráter, uma  personalidade e este ser humano é movido pelas emoções. As emoções preparam o organismo para a ação, através das modificações fisiológicas que produzem. A maioria das situações em que o indivíduo é agitado por fortes emoções, a ação física é acionada. Um conjunto de nervos, que constituem o sistema nervoso autônomo dispara e é acionado; vão para o coração, vasos sanguíneos, pulmões, estômago, intestinos e outras vísceras, bem como as glândulas sudoríparas, os músculos do cabelo e para a íris. Atendendo ao seu comando, o ritmo respiratório aumenta, as inspirações tornam-se mais longas e as expirações mais curtas; o coração acelera, a pressão arterial sobe, etc. Os efeitos produzidos pelo sistema nervoso, ocorrem rapidamente e durante curtos períodos de tempo.

Quando as emoções são negativas, falta ao indivíduo a capacidade de raciocínio, instabilidade emocional, inteligência bloqueada, falta de reflexão, falta de confiança em si mesmo, excesso de nervosismo, atitudes mentais negativas, intelecto prejudicado; este ser humano anda sem concentração e, a qualquer momento ele explodirá. Ele é uma bomba ambulante. A casa está vazia e, com certeza, a força negativa do mal aparecerá rapidamente para incendiar o pavio e, de repente o estrago foi causado.

Somente Deus tem o poder de mudar o ser humano. O Espírito Santo é o agente da restauração, para qualquer situação humana. O crisol é um vaso empregado em operações químicas a temperaturas elevadas. Quando o cristão é colocado no crisol, o Espírito Santo o transforma em crisólito: pedra preciosa da cor de ouro;  revestido pelo Tornado de Fogo , agora o cristão está resistente à qualquer tipo de corrosão. Pv 17.3 O crisol é para a prata, e o forno para o ouro, mas, o Senhor prova os corações.

Metais purificados passam pelo fogo. Os filhos de Deus também passam pela purificação. Jesus Cristo, “Filho de Deus” também passou  pelo crisol no deserto. Foi no crisol que o ministério de Jesus Cristo se consolidou.

Mt 4.1-11

Então, foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a “Palavra” que sai da boca de Deus. Então o diabo o transportou à Cidade Santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens à teu respeito, e tomar-te-ão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentará o Senhor, teu Deus. Novamente, o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então, disse-lhe Jesus: Vai-te Satanás, porque está escrito:  Ao Senhor, teu Deus , adorarás e só a Ele servirás. Então, o diabo o deixou; e , eis que chegaram os “Anjos” e o serviram.

Ser tentado, do ponto de vista divino, significa uma prova positiva; do ponto de vista do diabo, implica sedução ao pecado; do ponto de vista de Jesus é um desafio de Satanás para por à prova a soberania e plano de Deus.

“Se tu és Filho de Deus”… “SE” não implica  dúvida, mas exprime um fato tido como certo, e pode ser traduzido por “ Uma vez que”.

Jesus Cristo estava em movimento, na ação do Espírito Santo, manipulado pelo projeto da Salvação, gerando energia, produzindo forças. Jesus Cristo estava além do seu limite. Havia um propósito das hostes malignas de tirar Jesus do sério, desestruturar suas emoções, fazer com que Ele perdesse o controle, agisse na impulsividade,  descontrolasse sua ansiedade; literalmente perdesse o controle da situação, perdesse a cabeça. Em quarenta dias e quarenta noites de jejum, o corpo de Jesus Cristo estava debilitado, mas Sua alma e espírito estavam fortalecidos pelo poder do Espírito Santo. Jesus Cristo não perdeu o foco do projeto de Deus. Em todos os momentos suas emoções estavam em ação no principal: “Está escrito”…. ”Está Escrito”….”Está Escrito”…

A força assume variadas formas. Alguns são fisicamente fortes, ou a força pode estar na vontade. A força pode estar na mente ou nos sentimentos e sensações. A força também pode estar nas convicções através da fé. A capacidade é uma força e poder eficaz e efetivo para realizar um ato, físico ou mental, decorrente ou não de aprendizagem, porquanto implica o fato da tarefa poder ser desempenhada aqui e agora, se as necessárias circunstâncias externas o impuserem e sem necessidade de aprendizagem adicional. Uma pessoa se torna capaz de conter, abrigar em si a capacidade de competência, aptidão própria, aprimorar, purificar, aperfeiçoar, afiar para um determinado fim e propósito. A pessoa que adquire força para querer mudar, se torna cortês, capaz de discernimento, conhece distintamente o provocador, sabe diferenciar o acusador, ganha habilidade contra o enganador, contesta com sabedoria, alcança tolerância, refreia vontades egoístas, cria uma foça de autocontenção, dedicação e disciplina. O treinamento diário faz com que o indivíduo discipline os pensamentos, e, se aperfeiçoe através da prática do bem.

Jesus Cristo tinha autoridade sobre o mal, mas Ele estava sendo moldado segundo o propósito de Deus para um grande projeto ou propósito. Suas emoções estavam passando pelo crisol, pela lapidação, pela purificação.  Ele teria que saber agir com sabedoria, prudência, inteligência, e tolerância. A pessoa tolerante é aquela que admite e respeita opiniões contrárias à sua. Respeita ao direito que os indivíduos têm de agir, pensar e sentir de modo diverso do outro. Pronto à perdoar, indulgente, complacente, tácito, silencioso, calado, implícito, benevolente, transigente, complacente, etc. Jesus teria colocado todo o plano de salvação por terra, se tivesse entrado na conversa do provocador.

O verdadeiro tesouro é Deus. Quem encontra Deus encontra o sentido da vida. Quando Jesus Cristo disse: Está Escrito…  A Palavra de Deus nos abre as cortinas do entendimento, controla as emoções e direciona uma luz para o caminho certo. Ef 1.13 Fostes  selados com o Espírito Santo da promessa; l4- o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para louvor da sua glória.

O que acalma a alma, limpa o interior, revigora o espírito, fortalece o coração são repetidas palavras de adoração como: salmos, hinos, cânticos espirituais, louvores, etc.. O riso também é uma grande arma contra as hostes infernais. A alegria libera endorfina e, atua para uma mudança repentina, dando uma válvula de escape para encarar os problemas. Faz bem ao coração e ao pulmão. Atua no sistema imunológico deixando o corpo mais resistente às infecções. Rir é uma expressão de liberdade. Uma força preciosa para derrotar as forças opressoras é o sorriso. Onde existe riso  há esperança.

O controle das emoções também acontece através da fé, da confiança, da segurança em Deus.

“Homens de Deus que Passaram Pela Corda Bamba”-

Sadraque,  Mesaque  e Abede-Nego foram homens de tão grande fé e confiança em Deus , que revelaram espírito tão firme que se abriram oportunidades fantásticas para Deus mostrar seu poder em favor desses homens. Embora isso possa significar uma prova de fornalha de fogo, a proteção e a libertação do Senhor Deus estavam presentes. Estes homens tinham uma convicção: “ Eis que o Nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; Ele nos livrará do forno de fogo ardente e da tua mão, ó rei”, (Dn 17.18).Esta  é uma ilustração dramática da presença e proteção pessoais do Senhor ao seu povo, que sofre por causa do seu testemunho.23- E estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, caíram atados dentro do forno de fogo ardente. 24- Então, o rei Nabucodonosor se espantou e se levantou depressa; falou e disse aos seus capitães: Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo?25- Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei. 25-Respondeu e disse: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto é semelhante ao filho dos deuses.

O quarto homem é uma Cristofania ( aparição pré-encarnada do Messias), a quem até mesmo Nabucodonosor reconheceu ser semelhante ao filho dos deuses.

Três jovens hebreus convictos de um Deus Verdadeiro. Eles não se submeteram ao domínio de um rei deste mundo.  A vida destes jovens estava no domínio do Reino de Deus. Depois de ser provado pelo fogo, de passar pelo crisol, eles saem  enaltecidos pelo rei Nabucodonosor. 29-Disse Nabucodonosor: Por mim, pois, é feito um decreto, pelo qual todo povo, nação e língua que disser blasfêmia contra o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego seja despedaçado, e as suas casas sejam feitas um monturo; porquanto não há outro deus que possa livrar como este.30- Então, o rei fez prosperar os três na província de Babilônia.

O projeto de Jesus Cristo era a remição da raça humana. Em todas as circunstâncias da vida de Jesus na terra foi de autocontrole, ponderação, esclarecimento lógico, ensinamento com comparação, palavras de vigor para os fracos, força para os abatidos, etc.  O reino de Deus não será imposto pela espada nem pela força. Seus seguidores estarão armados somente com armas espirituais como: amor, bondade, benignidade, temperança, paciência, longanimidade, paz, gozo…  Neemias 8.10 “Portanto não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força”. A graça do Espírito Santo outorga aos cristãos a força suficiente para vencer a cada dia na terra. Igual o maná no deserto. 2 Co 12. 9 A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.

Jo 17. 22,23 E Eu dei-lhes a glória que a mim Me deste, para que sejam  um como Nós somos um. “Eu neles, e Tu em Mim, para que eles sejam perfeitos em unidade”.

Como atravessar para o outro lado da corda bamba da vida, se do outro lado só tem leões?

Quando se desequilibra, começando a pender para um lado, não esperar tombar, mas impulsionar imediatamente para o lado oposto. Se cair da corda, com certeza , Deus  sustentará. A mente tem uma força poderosa para influenciar as atitudes. Não espere até que as palavras e comportamento revelem um desequilíbrio emocional. Compense,  mesmo antes de as expressões se tornarem visíveis. .Daniel foi colocado na  cova de leões famintos, mas do outro lado da corda bamba estava o Leão da Tribo de Judá, que fechou a boca dos leões famintos. Dn 6.22-O meu Deus enviou o seu anjo e fechou a boca dos leões, para que não me fizesse dano, porque foi achada a mim inocência diante dele.

Jesus Cristo passou por este conflito, e , por muitas conspirações para poder implantar o Reino dos Céus. Os Apóstolos passaram por conflitos, perseguições, por provocações, para poderem falar em nome de Jesus. Os cristãos pelo mundo sofrem ataques infernais. Existe neste exato momento cristãos passando pela fornalha ardente, pela cova dos leões , pelo deserto, etc. Mas Deus disse: Quando passares pelas águas, estarei contigo, e, quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque Eu Sou O Senhor, Teu Deus, o Santo de Israel, o Teu Salvador, (Sl 43. 2,3). Para Deus não existe o amanhã. Deus não dorme e nem cochila. Seus olhos estão atento  para socorrer os seus filhos. Dn 19 “Não  temas, homem mui desejado! Paz seja contigo! “ANIMA-TE, SIM, ANIMA-TE”!

Dn 12.10 Muitos serão purificados e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão.

Dn 7.27 E o reino, e o domínio  , e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão e lhe obedecerão.

Sl 1 – 1,2- Bem- aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, tem o seu prazer na Lei do Senhor, e na Sua Lei medita de dia e de noite.

Quando alguém vier te provocar com injúrias, blasfemas, palavras torpes, tentar te descontrolar, te desestruturar,  tentar te derrubar ou coisa parecida, diga apenas  :“Está  Escrito” … “Eu sou um Vencedor”….E a graça de Jesus Cristo me basta”.

Reverenda e Psicopedagoga: Mônica Druzian.

Tribo é um grupo social com relativa coesão territorial, linguística e cultural em estreita interação.  A união é uma das armas das tribos. Nada é impossível para o povo que trabalha em união. Sempre quando uma organização começa a brigar entre si, ela se acaba. A menos que ela ande em união, não há absolutamente nada que a possa destruir.

 O fluxo das tribos é lutar pela desigualdade social, pelo racismo, grito de independência, discriminação, incompreensão, liberdade de expressão, etc.

Na reportagem Aliga, TV Bandeirantes, mostrou o encontro das Tribos em São Paulo.

 Existem mais ou menos em São Paulo 35 Tribos que se encontram todos os sábados na Galeria do Rock. São EMO, EBM, Gótico, Punk, Pichadores, Hip- Hop, etc.

  Todos tem um ponto em comum: Proposta de firmar os pés no chão, anseio pela vida, sonhos, ideais, fantasias, competição, enfim, se fazer notar. Alguns usam roupas pretas, pele branca, pintura preta nos olhos, lágrimas pretas descendo pela face. Existe também um movimento tirado do filme, O Crepúsculo, e atualmente, O Eclipse, cujo ator principal é um vampiro que não bebe sangue. A febre deste movimento paralisam os jovens, e o comportamento é melancolia, muito choro, depressivos. Geralmente seus encontros acontecem em locais, como  cemitérios, etc. Um luto que representa um protesto contra a humanidade. Exploram o máximo seu exterior, para poder expressar um interior amargurado. Encontra na tribo uma família que os ouvem e os acolhem. Outros são bem coloridos, se transformam em personagens de história de quadrinhos,   vídeo- game, etc. Os olhos são vermelhos, cabelos longos e coloridos, roupas diferentes, etc. Se transformam em personagens de muita força e autoridade, passando algo como se eles pudessem mudar  o mundo. Existe também a tribo  dos pichadores, que vivem de pichar os lugares mais perigosos e difíceis deixando uma assinatura de não aceitação do mundo. Querem ser feios e malvados. Sujam a cidade só para satisfazer um ego.  A regra à ser cumprida é :” não podem pichar sua própria casa”.

“ILUSÃO”

 A Ilusão é uma forma de fantasia ou pensamento por si mesmo. Estas tribos representam através de um herói ou uma heroína de uma história e sentem grande prazer nisso. São sonhadores e criam uma fantasia sem finalidade. Uma ilusão ou sonhador no papel de salvador, como se pudessem salvar a humanidade, como pudessem contribuir para o bem- estar da humanidade.  Aos poucos perdem o interesse pelos pais, pelas coisas comuns, até mesmo pela vida. Muitos tentam o suicídio.    Por não se acharem compreendidos, se fecham em um mundo irreal, representando  um personagem.

“REPRESENTAR”

 A Representação é substituir algo. Apresentar-se como símbolo de algo. Em termos especificamente psicanalítico, “Interpretar” uma atitude ou experiência psíquica, ou um conteúdo mental, reapresentando-o simbolicamente com a finalidade de justificar ou de aliviar uma ansiedade provocada por essa atividade, experiência ou conteúdo reprimido. Estas tribos expressam Repugnância ou Repulsa: uma atitude emocional caracterizada por desagrado e oposição, por antipatia por algo  que não concordam.   Acabam levando mais longe essa tendência, podendo então acontecer que um dia as portas do mundo real se fechem para eles definitivamente , delineando, debilitando gradualmente, desenvolvendo a enfermidade mental.

  A vida é apenas aquilo que a fazemos. Você cria constantemente a própria vida. No final, recebemos exatamente o que damos. Logo, nada se modifica a menos que a pessoa queira fazer algo para mudar.  Todas as Tribos passam procurando uma forma de ser notados, procuram  provas negativas nas outras pessoas, escondem-se atrás de fantasias com medo de encarar a realidade da vida, com medo de que o pior possa acontecer. Na verdade estão  inseguros, com medo da realidade.

 Se lutar pelo melhor com toda a certeza vai acontecer. Seu mundo pode ser do jeito que você quer.  Mas todas as Tribos sonham, sem profundidade,   pois , o sonho muitas vezes é apenas uma ilusão. Procuram amor onde não existe. Não acreditam em si mesmos. Não acreditam que possam sobreviver em um mundo de injustiças. Não conseguem lidar com seus sentimentos e, extravasam no seu exterior as frustrações e conflitos interiores, que permanecem sem solução. A dor se transforma em sofrimento e a mágoa se transforma em raiva acesa deixando a pessoa sem significado. Não expressa com clareza aquilo  que querem  passar ou dizer; o verdadeiro sentido da proposta ou, exprimir o sentimento. Suas roupas e atitudes são apenas sinais,   não existe solução em seus ideais. São opositores. Antitéticos, mas, continuam oprimidos pelo adversário que os sufocam através da rejeição. Não acontece libertação.

 O Sangue é o nome que se dá ao fluido vital que circula em todo o corpo, por meio de um sistema arterial que, do coração, se estende às extremidades e por outro  sistema de veias superficiais que devolvem o sangue ao coração. O sangue arterial é vermelho brilhante, ao passo que o sangue venoso é vermelho escuro.

 O valor do sangue: “É A Vida”.  Portanto, sacrifício é “uma Vida por uma vida”.  

  Lc 10.25-37 Naquele tempo, um mestre da Lei se levantou e, querendo por Jesus em dificuldade, perguntou: “Mestre, que devo fazer para receber em herança a vida eterna”? Jesus lhe disse: “O que está escrito na  Lei? Como lês”? Ele então respondeu: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração e com toda a tua alma, com toda a tua força e com toda a tua inteligência; e ao teu próximo como a ti mesmo”! Jesus lhe disse: “Tu respondeste corretamente. Faze isso e viverás”. Ele, porém, querendo justificar-se, disse a Jesus: “E quem é o meu próximo”? Jesus respondeu: “Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e caiu nas mãos de assaltantes. Estes arrancaram- lhe tudo, espancaram-no, e foram- se embora deixando- o quase morto. Por acaso, um sacerdote estava descendo por aquele caminho. Quando viu o homem, seguiu adiante, pelo outro lado. O mesmo aconteceu com um levita: chegou ao lugar, viu o homem e seguiu adiante, pelo outro lado. Mas um samaritano que estava viajando, chegou perto dele, viu e sentiu compaixão. Aproximou-se dele e fez  curativos, derramando óleo e vinho nas feridas. Depois colocou o homem em seu próprio animal  e levou-o a uma pensão, onde cuidou dele. No dia seguinte, pegou duas moedas de prata me entregou-as ao dono da pensão, recomendando:” Toma conta dele! Quando  eu voltar, vou pagar o que tiveres gasto a mais”. E Jesus perguntou:” Na tua opinião, qual dos três foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes”? Ele respondeu: “Aquele que usou de misericórdia para ele”. Então Jesus lhe disse: “Vai e faze a mesma coisa”.

  João 8.58 Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que, antes que Abraão existisse, “EU SOU”.

  O verbo “SER”:  Todo ente vivo e animado. Indivíduo, pessoa, natureza íntima de uma pessoa, significar, existir.  Indivíduo: a pessoa humana, considerada em suas características particulares; criatura, sujeito, cidadão.  O ser humano em seus aspectos biológicos, espiritual e social.

“EU SOU”: “A Natureza íntima de uma pessoa”.

 A identificação não é uma representação, uma ilusão, sonho ou teatro. A Identificação é a vida, a existência, ocupar um espaço, ter aspirações e realizações. Ser real.   Pensar claro nas pequenas coisas da vida. Aprender a se conhecer, a aceitar a si e às emoções, suas qualidades, suas deficiências, construir e desenvolver aquilo que é seu: ”A Essência – A Vida”.

 O corpo humano é um organismo excelente. Os cientistas não podem duplica-lo, nem mesmo compreendê-lo por inteiro. É uma síntese de muitas partes todas funcionando junto em todo compreensivo. O que afeta uma parte do corpo afeta o todo. Cada membro do corpo se relaciona com e depende de outras partes do corpo. Cada um contribui para o bem- estar do corpo inteiro. A palavra “corpo”( gr. Soma) , significando “curar, preservar, inteirar”. O segredo da vida está em aceitar a si próprio com todas as limitações, e agir de maneira autêntica em vez de fugir da realidade. Sentir pena de si mesmo geralmente é uma desculpa para guardar rancor. Encher a vida de ódio e, justificar, colocando a culpa em alguém, não vai diminuir a raiva e, nem esvaziar os reservatórios de tristeza.   Saber manifestar e ministrar a vida que gira dentro da vida, com os olhos de misericórdia e compaixão e, não, ignorar a vida e tapando o sol para não se poder enxergar. Não se pode brincar com a vida, colocando filhos ao mundo e abandona-os  à sua própria sorte. Eles são o   Modelo da criação original.  A sexualidade é um aspecto incomparavelmente  profundo da personalidade, envolvendo todo o ser de uma pessoa. A relação sexual é mais do que uma experiência biológica; ela envolve uma comunhão de vida. A sociedade discute hoje que, como o estômago é designado para o alimento, os genitais são criados para a experiência sexual; e, quando se está com fome, come-se então, quando se está sexualmente excitado, gratifica-se a paixão sexual. Alguns vivem inclinados a satisfazer o desejo sexual com a mesma prontidão que fazem com o apetite por alimento. Ingerir alimentos é uma disposição temporal e secundária, mas sexualmente alcança as profundidades eternas e metafísicas da existência de uma pessoa. O esperma é o líquido fecundante produzido pelos órgãos genitais dos animais madres; sêmen. O espermatozoide é a célula sexual masculina, móvel, canal que o homem utiliza para a liberação da vida. Ali está o caminho, o acesso de uma identidade, uma existência, um ser. O homem e a mulher foram criados interdependentes. Juntos, eles criam outro ser. O gênero masculino e o gênero feminino se completam para a criação. A vida é o poder da comunicação entre céu e terra. A união entre o corpo e o espírito vai além do visual.! Co 6. 19,20 “Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do, que está em vós, o qual  tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora pois, glorificai a Deus no vosso corpo”.

Jesus Cristo pagou por cada alma, o preço da cruz e sangue, para resgatar cada um do império do mal. Não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, da mente, transportados das trevas para  a admirável luz de Deus. A Tribo do Leão exerce autoridade sobre os poderes das trevas. As almas já foram ganhas mediante o sacrifício de sangue na cruz  ; a guerra contra as hostes do mal que tentam escravizar e destruir os jovens através de um poder maligno ilusório, já foi vencida.

 “ECLÍPSE”- é o fenômeno em que um astro deixa de ser visível no todo ou em parte, devido à sombra de outro astro. Eclipsar é interceptar a luz vinda de um astro. A Eclipse  vem  para encobrir, sobrepujar, ocultar. Ele vem para apagar o brilho, apagar a glória, perturbar. O eclipse é um opositor proposital, pois ele fecha a passagem impedindo com obstáculo a passagem ou circulação. Ele impede a vida de fluir, de acontecer, ele cega, escurece o caminho para a pessoa não conseguir enxergar a Verdade. O personagem do Filme: “ O Crepúsculo”, não bebe sangue, porque o sangue já foi derramado  para sua derrota. Ele vem todo lindo, porque se ele viesse de chifre assustaria. Sua aparência é se deixar encantar, entrando na mente dos jovens, e os fazendo escravos através  de desejos da concupiscência  da carne, dos olhos e soberba pela vida. Seus sintomas são: depressões, tristezas, melancolia, frustrações, etc.  Usam roupas pretas e peles brancas para representar a treva que não suporta a luz. “ Tudo é apenas ilusão e fantasia”.

“Visual Carnal”- Exterior: ”Porque a mente carnal não pode entender as coisas que são do espírito”(1 C0 2.14).

  Visual é referente à vista ou visão. Visão é aquilo que se vê.

 Nem todas as pessoas possuem a mesma capacidade visual. Há pessoas que têm uma visão limitada. Algumas são estrábicas, outras há cujos olhos são  fracos ou têm alguma anomalia grave. Outras sofrem de catarata, uma membrana que cresce no globo e impede a visão. Outras ainda são míopes ou sofrem de astigmatismo; algumas são daltônicas e outras têm pontos cegos na retina.

“Visual Espiritual”- Interior-Entrar no mundo da fé, implica em ter a mente de Cristo; ver as coisas com os olhos de Deus, e nunca se deixar influenciar pelas circunstâncias. O homem da visão de Deus  aprende que, enquanto confia e espera, adquire conhecimento da Verdade. Sacrifica o tempo, o sonho, e muitas vezes os próprios desejos, porém quando o conhecimento chega, estará seguro para enfrentar todos os problemas da vida sem temor, pois, saberá  se proteger da sujeira do mundo. Aquele que é da Tribo do Leão leva seus desejos à Cruz. “Logo já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim;  (Gl 2.20). “Aliança do Sangue”…

  Eis aqui o “Leão da Tribo de Judá” (Ap. 5.5). A Proposta desta Tribo é conhecer a Verdade, fazer com que cada alma, cada ser, cada indivíduo vá definindo o seu perfil  impulsionando para a vida e, crescendo em amor transbordante que é o elemento chave. Como uma nascente: ”Quanto mais dá, mais tem para dar”.

 O rio corre para o mar e, quando ele chega perto do mar, fica com receio.  Mas quando o rio começa a se misturar com o mar,  sente à força protetora e ,se tranquiliza. Rio e mar se tornam  únicos.  A vida só pode ser vivida e experimentada quando se deixa ser impulsionado para o Centro de toda a vida: ”O Próprio Deus”. J0 14.l7 O Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; “Mas vós o conheceis, porque habita convosco e estará em vós”.

Sl 139.11 Se disser: decerto que as trevas me encobrirão; então, a noite será luz à roda de mim. L2- nem ainda as trevas me escondem de ti; mas a noite resplandece com o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa. L3- pois possuis- te  o meu interior; entreteceste-me no ventre de minha mãe.

 Deus sempre está presente nas alturas às profundezas. O cristão algumas vezes está sobre Suas asas, outras vezes, embaixo de Suas asas, mas nunca desamparados, sempre estará confiante à sombra do Onipotente.

Gn 11.26 Eis que hoje eu ponho diante de vós a benção e a maldição.

 Esta escolha está nas mãos do homem entre andar nas trevas ou na luz. Gn 6.5 E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente.

 A cobra peçonhenta do inferno vem avassaladora com seu veneno mortal, tentando acabar com a vida da pessoa. Ela primeiro encanta com um falso amor e amizade, depois, deturpa a visão, tirando a falta de inteligência e discernimento e, com seus dentes afiados  violenta seu coração com ressentimentos, amarguras, inseguranças, etc. Este Vampiro do inferno envenena o coração que é o órgão central da vida física, o centro da vida pessoal  e espiritual de alguém. O centro de toda atividade mental e moral,  o centro dos elementos racionais e emocionais. O centro dos sentimentos, desejos, alegrias, dor e amor. Também é o centro do pensamento, compreensão e vontade. O coração humano é o lugar da habitação de Deus, mas este  espírito venenoso,  consegue anula o ser humano como pessoa. Esta Mosca Varejeira põe seus ovos na carne, fazendo o ser humano ficar putrefato,  apodrecido por dentro e por fora. Decompõe o indivíduo  pela ação das suas enzimas microbianas levando-o  à escuridão, à sarjeta, ao opróbio, e, até à morte. Consegue fazer com que um ser humano, que é a semelhança e imagem de Deus, se transforme em bicho, escória da sociedade, animal irracional, um nada.

Ap 3. 20 “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e com ele cearei, e ele, comigo”.

 Deus fica impedido de agir quando a pessoa rejeita a Sua ajuda. Esta força opressora maligna enfraquece o indivíduo esgotando sua capacidade de pensar  deixando-o frágil e vulnerável. A cura da alma e do corpo inclui o momento de enfrentar, sem medo, o problema como ele se apresenta, como ele é. O processo de libertação é o confronto direto com o estado de abatimento. Ef 6.15 Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e, sim, contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.

 Quando Deus está dentro do nosso coração, o Espírito da Verdade nos ensinará a guerrear. Não adianta querer vencer uma batalha espiritual usando as armas humanas. Somente usando armas espirituais é possível derrubar os dardos inflamados do maligno. Os demônios não suportam ouvir o Nome de Jesus Cristo ser pronunciado. Quando a pessoa invoca o Nome de Jesus,  os espíritos opressores  batem em retirada porque eles foram derrotados através do sangue e da cruz de Jesus Cristo.

    Tudo depende de você querer mudar. Quem vai fazer sua cabeça somente por hoje? Quem vai dirigir seus pensamentos neste dia que o Senhor fez? Quem toma o seu coração neste dia que se chama hoje? O poder de construção e destruição depende de sua atitude. Você escolhe a luz ou escuridão, vida ou morte. Depende somente de você: rir ou chorar, amar ou odiar, destruir ou construir, matar ou dar vida, etc. O fluxo do sangue de Cristo se move em você, então diga apenas: ”EU SOU”. “Tudo mais Ele fará por vós”.

Lc 9.51 à 56 E aconteceu que, completando-se os dias para sua assunção, manifestou o firme propósito de ir a Jerusalém. E mandou mensageiros diante da sua face; e, indo eles, entraram numa aldeia de samaritanos, para lhe prepararem pousada. Mas não o receberam, porque o seu aspecto era como de quem ia a Jerusalém. E os discípulos Tiago e João, vendo isso, disseram: “Senhor, queres que digamos que desça fogo do céu e os consuma, como Elias também fez”? Voltando-se, porém, repreendeu-os e disse: Vós não sabeis de que espírito  sois. Porque o “Filho do Homem” não veio para “destruir” as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia.

A valentia despersonaliza e perturbar o ser humano. Esta deficiência na incorporação da figura humana implica quase sempre, em dificuldade de relacionamento num plano profundo autêntico e genuíno; as relações humanas destas pessoas são superficiais e carentes de espontaneidade. Ele se tornará em fonte de angústia nas relações com o mundo, criando um complexo de abandono e de consequentes perturbações. Esta fonte de angústia a qualquer momento se manifestará em explosões, erupções, agressividade, valentia, forças frustradoras, forças incontroláveis e hostis, forças que se manifestam da vida repressora interior simbolizando a energia de um conflito interno. Pro- Trowski diz: “Perda de energia e conflito não resolvidos”.

Um sentimento de frustração e tensão, uma pressão originada do sentimento de serem inatingíveis causa uma força ativa de sua personalidade que implicará num sério desgaste de energias e fonte de severas depressões e desajustamento. Representa um esforço para adaptar-se à realidade. Estas pessoas cujas reações são fundamentalmente emocionais: o raciocínio e a reflexão, quando se manifestam, costuma ser tarde demais; nessa altura já compreenderam que seu comportamento impulsivo os prejudicou. Uma força que é utilizada somente para destruir os outros, a si mesmo. Um comportamento caracterizado por frequentes explosões de conduta, descargas emocionais, atitudes coléricas, hiperagressivo, excitável, descontrolado, sem freio.  Estes indivíduos são de sentimentos de inferioridade, inadequação afetiva, ansiedade e angústia. Perante esse sentimento difuso de mal- estar, os indivíduos reagem com valentia. Jo  l8.10,11. Então, Simão Pedro, que tinha espada, desembainhou-a e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando- lhe a orelha direita. E o nome do servo era Malco. Mas Jesus disse a Pedro: Mete a tua espada na bainha; não beberei eu o cálice que o Pai me deu?

A Experiência age através de um pensamento lógico disciplinado, sob controle construtivo, capacidade de relacionar, capacidade de concentração, capacidade criadora,  seriedade e senso objetivo. O indivíduo positivo participa e vibra com as emoções alheias, não por um processo de sugestão, mas pela capacidade de colocar-se no lugar dos outros, o que sem dúvida implica numa maturidade afetiva que se encontra no polo oposto do egocêntrico narcisista, incapaz de encontrar áreas de interesse fora do seu próprio “ego”.

A pessoa experiente raramente “perde a cabeça”; é ajustada emocionalmente. O ser humano amadurecido, normal, reflete antes de agir.

Lc 11.23 Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha.

Pedro e os outros discípulos foram moldados pelo Espírito Santo. Uma pessoa que é nascida do Espírito de Deus será transformada por Ele. Estamos unidos na salvação, porém, estamos sendo progressivamente transformados na Sua imagem (2 Co 3.18). Mas todos nós, com cara descoberta, refletindo, como espelho, a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória, na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

Haverá mudanças através da vida na terra, mas não há um momento final, exceto a morte, quando o cristão se torna perfeitamente sem pecado. É necessário exercícios, uma ação, pensar e agir como Cristo. Algo que todo o cristão deverá buscar constantemente e lutar para crescer, mesmo que seja dia após dia.

O cristão sabe quando usou de valentia e não experiência quando perde a paz. A Bíblia diz: “E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo domine em vossos corações ( Cl 3.15) .Isso significa que a paz de Deus é como um regulador; assim, quando se viola a vontade de Deus, a paz Dele deixa de existir no coração do cristão, começando uma turbulência interior, mostrando que o caminho está errado e que, está indo contra a vontade de Deus. Perder também a alegria é uma maneira de saber que não agradou o coração de Deus. Em Ne 8.10 diz:” Não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força”. Mesmo em horas de dificuldades confiar em Deus. Entender, discernir, perceber, captar , considerar que tudo contribui para o bem.

A pessoa de experiência nunca toma uma atitude precipitada. Jeroboão foi um exemplo de homem valentão. Por não ter experiência com Deus fez dez tribos pecar.

Um reino dividido. No A.T. no tempo de Salomão, o reino foi dividido. As tribos do norte continuaram a se chamar Israel e as tribos do sul Judá e Benjamim. Quando Roboão tornou-se rei no lugar de Salomão, seu pai, Jeroboão também se levantou como forte opositor. Ironicamente, por causa dos pecados de Salomão, Deus havia prometido a ele dez tribos. E foi isso o que aconteceu. Dez tribos seguiram a Jeroboão, e o povo de Judá e Benjamim seguiram a Roboão. Ainda que Jeroboão tivesse provado ser líder forte desde que servia na corte de Salomão, ele temia que, caso os filhos de Israel continuassem indo a Jerusalém para adorar, o coração dele( do povo) se tornará a seu senhor, a Roboão. Assim ele elabora um plano maligno para impedir que seu poder enfraquecesse. Para alcançar o seu objetivo, Jeroboão mudou o lugar central de adoração. Ele mandou construir dois bezerros de ouro em Betel e Dã e disse ao povo que essa mudança era para facilitar a sua vida. “Basta de subirdes a Jerusalém”, foi a explicação dada por ele, e acrescentou: “Vês aqui teus deuses, ó Israel, que te fizeram subir da terra do Egito”!Naquela altura, Jeroboão ignorou completamente a lição que Israel deveria ter aprendido quando Arão fez o bezerro de ouro junto ao pé do Monte Sinai. Ex 32.31,35. Jeroboão foi repreendido pela sua apostasia. Mas esta idolatria permaneceu descaradamente. Quando Acabe assumiu o trono, a Bíblia diz que ele fez “ o que era mau perante o Senhor, mais do que todos os que foram antes dele” (1 Rs 16.30). Lamentavelmente Israel era lembrada pela história como opositora do Templo. Mesmo com a providência suprema de Deus conduzindo profetas como Elias , para que o rei se arrependesse das suas maldades , o final foi infeliz. Deus tentou de todas as maneiras acudir, atender Israel , sendo inútil todas as tentativas.

Para que um indivíduo qualquer pudesse exercer funções de realeza, era preciso que fosse nomeado para esse cargo por uma autoridade superior; por escolha popular, pela usurpação ou por herança. A cerimônia de coroação entre os israelitas consistia regularmente em colocar o rei no trono, por – lhe a coroa na cabeça, derramar-lhe óleo e fazer a proclamação. Tinham poder de vida e morte. As restrições para o governo do rei eram o temor a Deus e o respeito aos homens. A vontade do povo devia ser conhecida do rei. Não deviam oprimir o povo, sem sofrer graves consequências. Os oficiais da religião , tanto sacerdotes como profetas, agiam independentes da vontade do rei e não hesitavam em condenar os erros deste. O rei deveria ser dotado de espírito penetrante, capaz de distinguir a verdade do erro, de fazer justiça ao inocente e castigar o criminoso.

A última tentativa para o cumprimento do plano de Deus surge mediante a cruz. Enviaria o Seu próprio Filho  para a crucificação , uma missão messiânica. Através de Jesus Cristo o Reino de Deus seria implantado na terra. Este Reino teria que ser todo Espiritual, e nenhum meio material violento serviria para o seu estabelecimento na terra. O Reino dos Céus vem a ser “A Igreja Invisível”. É a República dos Filhos de Deus, a verdadeira companhia de todo o povo fiel, representada pela igreja visível, mas que é maior do que ela. O Templo não seria mais conduzido por homens, mas pelo próprio Deus. Não seria mais um Templo de tijolos, mas um Templo Vivo,  onde Deus viria para habitar no próprio coração do homem.

Mt 23. 37  Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis Eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste! Eis que a vossa casa vos ficará deserta. Porque Eu vos digo que, desde agora, Me não vereis, mais, até que digais: “Bendito o que vem em Nome do Senhor”!

Jesus faz um julgamento severo sobre a nação.  Tanto sangue foi derramado para o arrependimento de Israel,  sustentando falsamente usavam de violência para superar seus antepassados em justiça. Embora edificassem monumentos a profetas assassinados por seus pais, eles próprios estavam tramando matar o Filho de Deus. Portanto eles sofreriam a mesma condenação.

Hb 11.33,34 Os quais, pela fé, venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas dos leões, apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças, na batalha se esforçaram, puseram em fugida os exércitos dos estranhos.

A vida cristã é comparada normalmente com um atleta que corre. 1 Co 9.24 Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.

O grande pregador e professor Jonathan Edwards estabeleceu cinco decisões que tomou em sua vida como grande Atleta de Cristo: 1- Viver a vida com toda a intensidade; 2- Nunca perder um momento sequer do tempo, tentando utilizá-lo da maneira mais produtiva possível; 3-Nunca fazer nada que fosse se arrepender depois; 4- Nunca fazer algo baseado em um sentimento de vingança; 5- Nunca fazer nada que possa temer, caso aquela fosse a última hora da vida.

O ato de aceitar a vontade de Deus coloca sobre ele a responsabilidade do amanhã. Uma pessoa idosa disse certa vez: “Se Deus me ordena que bata com a cabeça contra uma muralha de rocha, meu dever é bater, e o de Deus é abrir o buraco”. Quando estudamos a vida que foi moldada por Deus, vemos que o Senhor sempre faz sua parte. No final Deus sempre vence. Aqueles que se rendem a Deus,  possuem a Deus. A Bíblia ensina que “Ao Senhor pertence a terra e tudo o que nela se contém”. (Sl 24.1). Possuindo a Deus, os mansos também “herdarão a terra”.

A proposta de vida do cristão é romper com as injustiças. Rasgar os rótulos, saber quem você é e fazer à diferença, lutar para chegar à taça. Avançar para chegar ao pódio. Apagar as marcas do passado, influenciar o meio, discernir o caminho, correr para o alvo. Para ser um campeão é necessário crescer sempre, operando ativa e eficazmente. Como disse Robinho: Para se ganhar um campeonato é necessário “Colocar o coração na ponta da chuteira”.

Pastora e Psicopedagoga : “Mônica Druzian”.

Este fato ocorreu dias atrás, em Goiânia e ainda está no noticiário …
Querido pastor Caio Fábio,

Eu sou uma mãe que acaba de perder uma filha linda, maravilhosa de 26 anos, com apenas cinco meses de casada… Hoje faz sete dias que a perdemos…
Ela era poesia, cor, música e sensibilidade…
Nós  somos uma família que conheceu Jesus quando as nossas três
meninas tinham entre três e oito anos. Passamos por grandes lutas e desafios e congregamos na igreja presbiteriana do setor sul de

Anápolis com o Pr Ronaldo Cavalcante.
Caio Fabio, seguimos os seus passos todas as vezes que você esteve por aqui..
Quarta feira passada por volta das 13 horas meu marido me falou que tínhamos que ir para Goiânia porque a nossa filha do meio, a Polyanna, tinha desaparecido…a minhas pernas sumiram….mas eu levantei e entrei no carro para ir para Goiânia pois ela morava lá e estava casada e feliz…..

Apenas com 26 anos a publicitária mais conhecida da cidade por causa da sua alegria e capacidade de incentivar empresários a acreditarem em seus próprios negócios.
Os homens da família foram para a delegacia… e nós as mulheres da família ficamos 30 horas orando, clamando a deus e esperando o pedido de resgate, tendo em vista que o caro já havia sido encontrado com seus pertences dentro e o mesmo havia sido queimado para apagar provas e digitais, dificultando o trabalho da policia…
Oramos sem cessar e ouvimos, e lemos a Palavra; e tivemos a certeza de que o resgate seria pedido e esperamos que ela voltaria para nós e com sua tremenda capacidade poética e criativa e como uma menina apaixonada por Jesus ainda escreveria um livro para promover quebrantamento e conversão em muitas vidas.. ..
A única palavra que eu queria ouvir nestas 30 horas de vigília e
emoção, aflição e angustia profunda era: “a encontraram”…; ou um
toque de telefone com o com o pedido de resgate…
Finalmente alguém entra naquela casa onde estávamos amigos e parentes amontoados na sala escorregando do sofá para o chão, então ouvimos: “achou”, mas foi encontrada morta com dois tiros…
Acabei de ler sobre o amor de pai que agradece a Deus por saber que seu filho, para ficar livre desse mundo, tenebroso chamado por
Jesus…. Não consigo neste momento ter este sentimento de gratidão porque tendo certeza de que não era esse o desejo dela também… Nós todos estávamos fazendo uma campanha de oração e eu sei quais eram os planos dela para o futuro… Planos de paz, de criação, de crescimento, para que o mundo conhecesse o talento gratuito que deus lhe deu…
Não posso considerar que a minha não aceitação é egoísta… ela queria viver aqui com o seu querido marido a  lua de mel que a esperou por 8 anos, ela queria ter filhinhos e levá-los para jogar bola com o avô que não teve meninos, só meninas, ela queria realizar sonhos comunitários.
No ano passado ela criou um site: www.amigoinedito.com.br para
movimentar os internautas a fazerem boas ações e registrarem seus depoimentos neste site.
E agora… Eu entendi a resposta que deram  para o “mano”, mas voltar a falar com Deus está difícil demais…
Ainda não sabemos quem foi o sujeito que atirou nela, mas eu não posso acreditar que foi vontade de Deus… se foi o ódio do inimigo das nossas vidas eu pergunto por que Jesus deixou assassinos interromperem a caminhada de uma mensageira de Deus ???
______________________________

_
Resposta:

Minha irmã amada: Graça e Paz!

Do meu ponto de vista…, Adão não deveria ter pecado; Caim não
deveria ter matado Abel; os filhos de Caim não deveriam ter construído Babel; Cão não deveria ter “abusado” na nudez do pai, Noé; Abraão não deveria ter gerado filho de sua serva, Hagar; Jacó não deveria ter enganado Esaú e nem Esaú deveria ter trocado a “bênção” por um prato de lentilhas; os filhos de Jacó não deveriam ter traído José; Moisés deveria ter entrado na Terra de Canaã; a filha de Baraque não deveria ter sido morta pelo voto do pai; Sansão não deveria ter morrido daquele jeito; Davi não deveria ter surtado nunca; e, por isto, não deveria ter perdido nenhum filho; Isaías não deveria ter sido serrado pelo meio; a mulher de Ezequiel não deveria ter sido morta como parábola para ensinar os incrédulos; Oséias não deveria ter sido tão infeliz no casamento; os inocentes deveriam ter sido poupados em todas as chacinas; nenhuma criança deveria ter morrido pela ambição dos
adultos; nenhuma mãe jamais deveria ter comido seus filhos no auge da fome; João Batista deveria ter vivido vida longa e honrada, ao invés de acabar sem cabeça em razão de uma bunda bonitinha; Jesus, O Verbo, A Palavra, não deveria ter sido morto; a Ressurreição não deveria ter sido tão discreta…; os apóstolos, como Tiago irmão de João, não deveriam ter sido mortos por nenhu m capricho [e todos foram…]; Paulo não deveria ter sido morto justamente quando os cristãos mais precisavam dele; milhares de testemunhas também nunca deveriam ter morrido uma morte sem sentido, banal; enquanto os maus prosperam; enquanto a injustiça foge do juízo; enquanto a verdade é pisoteada; enquanto a maldade se torna poder; enquanto gente boa some… sem explicação…

Sim, entregue a minha visão menor do que a de uma ameba e mais egoísta do que eu mesmo consigo discernir a profundidade do egoísmo, eu poderia consertar o mundo; impedir todas as injustiças; ajudar Deus a ser Deus; determinar o melhor pro mundo, pros meus filhos, pra minha vida; enfim, eu, entregue a mim mesmo, seria tão cheio de boas idéias…, que ninguém que eu amasse morreria; sim, ninguém…; e se morresse seria com meu consentimento, entendimento, compreensão e apoio a Deus na Sua soberania!…
Ah, se eu fosse o Deus do mundo ninguém morreria; ou, então, ninguém que eu gostasse; e, da minha casa, certamente ninguém morreria; não enquanto eu estivesse vivo…
Eu, todavia, há muito aceitei e vi que de fato não vejo; percebi que
de fato não discirno; entendi minha limitação de entendimento;
constatei que meu melhor amor é ainda por mim mesmo e por meus sonhos; aprendi que meus amores são “meus” e por “minha causa”; pois, morre o vizinho, e não sinto; morre o jovem da esquina, e logo esqueço; milhares são vitimados, e eu apenas lamento; o mundo acaba em vários lugares da terra, e eu agradeço que não seja AQUI…; e, aqui, é onde moro, vivo; e AQUI não posso conceber que aconteça o que no mundo inteiro acontece…
O que não dá é para sofrer em nome de sua filha os sofrimentos que ela não está sofrendo…
Sim, pois você queria ver a sua filha casada e feliz no casamento;
tendo filhos; se realizando profissionalmente; etc… Esses são os
seus sonhos e um dia foram os dela… Mas saiba: AGORA já não são
[….] mais sonhos dela, mas apenas seus […] por e para ela…
Hoje, para ela, o melhor marido é nevoa perto da Glória; a melhor lua de mel é amarga se comparada à alegria dela; os filhos mais lindos são miragens quando comparados aos encontros de amor que ela está tendo; as realizações profis sionais que lhe orgulhariam, hoje, agora, para ela, são as canseiras e os enfados que cessaram…
O problema é que você não teve tempo para se realizar nela!…
É claro que a dor é indescritível… E ninguém pode dizer que não
conheço tal dor… Mais de uma vez…
Todavia, é como pai que perdeu filho; como filho que perdeu pai; como irmão que perdeu irmão; como amigo que já perdeu milhares de amigos, que lhe digo que meus sentimentos seriam todos como os seus, não fosse o fato de que discerni faz tempo, que a maior dor dos enlutados é ainda egoísmo pelo outro […] cuja alegria está plena, mas não a nós…; e, também, vi que tais sentimentos são todos o resultado de minha vontade de me ter nos meus filhos, de me reproduzir neles e assistir tal fato; ou seja: descobri com toda honestidade que minha frustração era não poder gozar a vida neles […], nos que foram…
Entretanto, hoje, o que lhe digo parece sem coração e fácil de dizer…
Mas não é…
O que é então que me faz dizer o que digo?…
Ora, é a simples coerência com a fé que professo; é a simples
coerência com Jesus; é a simples coerência com a existência que mata os homens dos quais o mundo não é digno; é coerência com João Batista, que não era inferior ao meu filho Lukas, e, mesmo assim, morreu por um capricho…
O que posso lhe dizer é que somente a transcendência da fé que se
projeta para a Vida que é, sim, somente tal poder pode nos fazer
vencer tal dor; a qual, por mais legitima que seja, sempre mistura
amor e egoísmo; sempre mistura fé com privilegio; sempre crê que a vida eterna é uma belezinha apenas para quando a gente estiver
caquético…
Leia os evangelhos e veja se é justo você pensar que a vida dos
discípulos de Jesus esteja para além da calamidade!…
Sei que no momento minha resposta chega a você como vinagre na
ferida… Infelizmente, no entanto, não tenho consolações vazias; e
nem digo a ninguém o que Jesus jamais disse… Jesus nunca consolou ninguém dizendo “Que Pena! Tão Novinho!”…
Na realidade, ao olhar o mundo, mais creio e internalizo como verdade a declaração que diz que é “preciosa aos olhos do Senhor a morte dos Seus santos!”…
O que eu digo […] você não entende agora, mas compreenderá depois!…
É justo e sadio chorar os nossos amados….
O que não é certo é perguntar por que em mundo que mata tanto todos os dias, gente que amemos também possa e venha a morrer?…
Além disso, o fato de ter sido um seqüestro seguido de assassinato, do ponto de vista de Jesus, não muda nada; posto que Lhe tenham falado das desgraças e maldades praticadas por Pilatos, ou do acidente idiota na Torre de Siloé, e, a tais narrativas, Ele não acrescentou nada em especial; visto que Dele não se tenha havido um “Oh!”; ou um “Ô”; ou um “Que coisa!”…
Não! Ele apenas disse: “Se não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis!”…
O fato é que Jesus não tem misericórdia e pe na por ninguém que esteja partindo desse mundo para a morada do Pai!
Você teria?…
Sinto saudades… Choro… Abraço as memórias… Beijo meu filho no
meu coração todos os dias… Mas não o traria de volta se pudesse…
Sim, jamais desejaria a ele tal maldade de tê-lo de volta a esse
mundo, uma vez que dele meu filho esteja livre para sempre…
Você acha mesmo que o sucesso Publicitário é para comparar com o nome dela publicado no Livro da Vida?…
Seu olhar está enterrado neste mundo, e, por isto, fi ca impossível
hoje para você o alegrar-se na Glória de Deus!
Entretanto, eu lhe digo:…
Se tais “perdas” não nos projetarem para Deus pelo menos pelo afeto eternizado por filhos que já se foram para a Casa Eterna, pergunto: quando então se amará a eternidade ainda vivendo neste mundo?…
Será que um crente só deseja e celebra a eternidade quando o câncer já comeu tanto os órgãos, que a dor é tão desesperadora que a pessoa quer ir para Deus não por Deus, mas apenas para ficar livre da dor?…
É mesmo assim?…
Deus é apenas uma alternativa ao desespero da dor sem cura neste mundo?…
Ora, se é assim Deus ainda não é amado por nós!…
Chore! Chore! Chore! Pois dói demais!…
Mas chore enquanto vê sua filha em Glória; e, portanto, ao chorar,
chore por você e não por ela; posto que se ela visse você lamentando a gloria dela, ela lhe diria:
“Mãe! Você não viveu para a minha felicidade?… Então, por que se
entristece com minha plenitude em Deus?”
Além do que já disse, não tenho nada para dizer a ninguém e nem a
você, minha amada irmã no Evangelho e no luto!…
Entretanto, sei que somente o Espírito Santo pode tornar alguém apto para discernir […] e se consolar com tais realidades invisíveis…
Oro por você e pela sua casa… Oro pelo seu genro… Oro para que
vocês se gloriem na esperança da glória de Deus, conforme se mande que seja para quem de fato crê em tudo o que confessa como fé em tempos de bonança…
Receba meu amor e minha solidariedade!

Nele, que ama nossos filhos mais do que em nosso egoísmo a gente
consegue conceber o que seja amor,

Caio Fabio
30 de setembro de 2009
Lago Norte
Brasília
DF

tempo

Conhecendo o caminho e a Fonte de todo o entendimento para com a vida diária, onde os princípios de sabedoria são colocados em pratica.

Uma criança jamais se desviara do caminho , quando seus pais investirem nela toda sabedoria, amor, educação e disciplina que e necessária para que ela se torne plenamente comprometida com Deus.

O ponto inicial para se encontrar o caminho, portanto, e a presença de Deus.

Maria, mãe fiel e sabia, foi escolhida para gerar o Filho de Deus. Ela participa do milagre da Encarnação em nível que nenhum outro ser humano pode compreender.

Lc 1.46-A minha alma engrandece ao Senhor-Ela aceita a responsabilidade de educar, ensinar e cuidar do menino ate o momento da cruz. Mesmo como Filho de Deus, Jesus Cristo permaneceu sob os cuidados e direção de seus pais terrenos.

Lc. 2.40 E o menino crescia e se fortalecia em espírito, cheio de sabedoria, e a graça de Deus estava sobre Ele.Quando Deus abençoa os seres humanos, ele os favorece. Maria entrou num estado de descanso, quietude e calma. Maria se preocupou com o caminho daquela criança,porque ela sabia da responsabilidade que Deus lhe havia outorgado-Bendito e o Fruto do teu ventre –JESUS-

A lei da reciprocidade divina-

Existe uma lei universal de reciprocidade divina. Você da, Deus da de volta. Quando você planta uma semente, a terra da à colheita. Trata-se de um relacionamento recíproco. A terra só pode lhe dar quando você da a ela. Você coloca dinheiro no banco, e o banco devolve juros. Isso e reciprocidade.Nos doando em amor, então, encontraremos a verdadeira sabedoria e o caminho certo para o sucesso.

A uva, quando pressionada ou comprimida, produz o vinho, tal como acontece com a azeitona para produzir o azeite, igualmente nos, quando desafiados,nos adiantamos com sabedoria.

Primeiramente, devemos encontrar a sabedoria dentro de nos mesmos. Cada um de nos descobrir como sair de nossa caverna pessoal de escuridão e fazer com que a nossa individualidade ilumine as vidas daqueles destinados a partilhar de nossa viagem. E somente o EGO que se interpõe no caminho da partilha dos nossos dons, expressando compaixão e descobrindo o lado positivo da adversidade.

Quanto mais damos de nos, mais repletas ficam as nossas reservas interiores. Quando damos aos outros, nos criamos espaço interior para que uma forca nos abasteça.

Como você pode querer algo sem ter semeado alguma semente?

Quanto mais damos de nos, mais repletas ficam as nossas reservas interiores. Aumentara nossa felicidade, nossa paz, nosso gozo,nossa alegria de viver,pois tudo isto aparecera espontaneamente, por si só, de forma que nos não precisamos brigar pelas doces coisas da vida.Quando damos aos outros,nos criamos espaço interior para que o Espírito Santo nos reabasteça.

Jo8-32 E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertara.

Jo 13-34-35 Um novo mandamento vos dou-Que vos ameis uns aos outros, como eu vos ameis a vos, que também vos ameis aos outros vos amei. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.

O verdadeiro caminho que nos conduz ao Trono de Deus, a Fonte da Água Viva e o amor.

O fato de Jesus nos ordenar a amar indica que o amor não e apenas um sentimento ou uma preferência, e o que alguém faz e como se relaciona aos outros. O amor de Jesus foi sacrifical-amor incondicional e auto-sustentador.Devemos construir nossas vidas nesta base .Seguir o caminho de Jesus-EU SOU- SEGUE-ME.

Significa acompanhar, ir em companhia, seguir o mesmo caminho de, seguir alguém que esta na frente, estar na mesma estrada com alguém. Estar ao lado do mediador, confortador, ajudador, advogado, conselheiro. Alem da ajuda e direção gerais, Ele da à forca para suportar a hostilidade do sistema mundial.

Deus incumbiu a Maria à educação de Jesus. O que Deus espera de você?

Não podemos cruzar os braços enquanto os aproveitadores sem escrúpulos destroem as famílias. Temos de fazer-lhes frente.E indispensável que levantemos na forca e autoridade de Deus , e nos posicionamos para guerrear  contra as hostes do mal. Não com amas do ódio e da violência e sim com as do amor e da persuasão.Jesus Cristo foi um homem de ação, então se levante e haja.Lute pelo que lhe e mais precioso.Direcione suas metas e objetivos para o qual Deus te confiou e, então, encontraras a razão de ter nascido, a essência da vida,o verdadeiro amor- JESUS.