“TROLL”- “SÍNDROME DO PAVIO CURTO”

Posted: 07/08/2010 in Intimidade com o Pai
Tags:

“TROLL”-   “SÍNDROME DO PAVIO CURTO”

Síndrome em medicina é o Estado Mórbido  caracterizado por um conjunto de sinais e sintomas, e que pode ser produzido por mais de uma causa. Caracteriza- se por alterações de conformação.

Em Psicologia a Síndrome é um padrão de sintomas relacionados entre si que caracteriza determinado distúrbio ou doença. Dá-se igualmente o nome de síndrome a um aglomerado ou organização de traços de personalidade ou outros padrões de comportamento.

O distúrbio é uma perturbação orgânica ou social. A Síndrome é uma perturbação psíquica e no comportamento decorrentes de disfunções  somáticas. O que é uma disfunção? É uma função deteriorada e que se realiza em condições anômalas. A Anomalia é uma irregularidade, anormalidade. A Anormalidade é um desvio mais ou menos extremo e prejudicial das condições “normais de equilíbrio, integração e ajustamento, tendo por causa direta ou indireta fatores patológicos ou mórbidos”. Somático refere-se ao corpo. Soma então é o corpo como um todo orgânico. Tudo o que é parte integrante do corpo, excluindo as funções mentais, chama-se “somático”. Incluindo as funções mentais, o termo é “psicossomático”.

Distúrbio Psicossomático é um distúrbio que é causado por uma combinação de fatores orgânicos e psicológicos. Nas perturbações de natureza psicossomática, podem ocorrer mudanças de tecido, como no caso das úlceras gástricas. Certos distúrbios psicossomáticos, como as reações alérgicas são claramente desencadeadas pela invasão de proteínas estranhas ao corpo. Contudo, o estado psicológico do paciente influi imenso no modo como reage a essas substâncias.  A Correlação Psicossomática é a relação mútua entre os fenômenos psíquicos (normais, anormais ou patológicos) e os estados corporais ( somáticos).

“Síndrome do Pavio Curto”-

Uma pessoa que sofre da Síndrome do Pavio Curto não tem autodomínio e, nem autocontrole. Não tem a capacidade de controlar o comportamento impulsivo. Age sem reflexão. A maioria das funções orgânicas é alterada violentamente, aumentando a excitabilidade nos centros nervosos, dando um circuito nervoso,  ocasionando um impulso neural desde um receptor, através de um ou mais neurônios de ligação, até um órgão executivo ou efetor. A Defesa Neurótica bloqueia a expressão saudável do impulso instintivo, provocando, assim, um surto neurótico. Uma manifestação relativamente súbita de atitude impulsiva acontece, irrompendo com ímpeto ou violência. O indivíduo que sofre da Síndrome do Pavio Curto é impaciente, se aborrece com facilidade, se importuna por qualquer motivo, reage com irritabilidade, do seu interior brota uma turbulência descontrolada,  arranca impulsivamente para a agressão, se comportando sob tensão emocional. Os músculos são forçados  por uma contração e, em qualquer momento  acontecerá uma explosão, um ímpeto, uma  fúria. Uma excitação emocional aguda com repercussões no comportamento faz com que o indivíduo perca a capacidade visual, ficando cego de raiva, perdendo a sensibilidade da clareza de uma situação.

Na internet está acontecendo o TROLL. Este é um provocador sem rosto. Sua única intenção é tirar a pessoa do controle emocional, agindo nos desejos e sentimentos, descontrolando  o indivíduo através de insultos, zombaria, palavras grosseiras, sarcástico, etc. Uma pessoa que age desta maneira é considerada inepta, sem nenhuma aptidão. Este tipo de indivíduo não tem um sinal identificador, pois, não tem caráter, suas características são: imbecil, tolo, vaidoso, presunçoso, idiota, ignorante, etc. Em Psiquiatria diz-se de, ou aquele que sofre de idiotia.  No popular é estúpido, grosseiro, falto de discernimento.

A mente é o campo de batalha. Alguns pensamentos tem origem em nós mesmos, enquanto outros  provém diretamente do inimigo ou adversário. O homem vai travar uma guerra espiritual contra os desejos dentro de si mesmo. Existe um Sistema Mundano para gerar conflito na humanidade. O ser humano não é onipresente, onisciente nem onipotente. Ele é criado à imagem de Deus, mas não tem os atributos de Deus. O homem não pode estar em dois lugares ao mesmo tempo, não pode ver o futuro e não sabe discernir entre o bem e o mal. Nenhum ser humano é dotado de capacidade para entrar nos pensamentos de outra pessoa. Quando aparecer o provocador, deve-se estar atento para não se perder o controlo emocional. Geralmente a pessoa com Síndrome  do Pavio Curto, aceita a provocação e perde a razão, avança com impetuosidade, e, movido por uma força descontrolada age sem domínio próprio, desequilibrado , explode avançando ao ataque ou à provocação.

Conhece- se uma pessoa através de uma personalidade que é biologicamente definida como o órgão governante ou instituição superordenada do corpo.  Como tal está localizada no cérebro. Sem cérebro não existe personalidade (Murray). Por personalidade entendemos “os padrões característicos e distintivos de pensamento, emoção e comportamento que definem o estilo pessoal de um indivíduo e influenciam suas interações com o ambiente”( ATKINSON et al.,1994,p.394).

Para compreender o comportamento dos semelhantes, é necessário entender o básico dos processos mentais dos seres humanos.

Para Platão existe um mundo dualista: a- Mundo Material-  decaído e alienado, uma reprodução imperfeita, uma imitação malfeita, uma participação limitada em um mundo ideal; b- Mundo das Ideias- perfeito, eterno, incorruptível e divino.

Ideia- entre outras definições significa elaboração intelectual, portanto, é uma elaboração da alma (lê-se Mente). Para Platão, a alma se relacionava apenas com as ideias puras e pertencia a Deus, enquanto o corpo, a Satanás.

“Homem Espiritual”

Ideias puras seria a disposição firme e constante para a prática do bem. Força moral. Qualidade própria para produção virtuosa que é a técnica em alto grau do domínio  próprio , controle emocional, serenidade no pensar,  examinar as palavras, ponderar as ideais, etc. As ideias relacionam- se com a alma que significa, o conjunto das funções psíquicas e dos estados de consciência do ser humano que não tem realidade física ou material.

“Homem Natural”

O homem natural : 1 Co 3.3 Porque ainda sois carnais, pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois, por- ventura, carnais e não andais segundo os homens?

O homem natural  age como fermento. O fermento tem uma ação fermentadora que ilustra o poder de corrupção do mal. Ele é astuto, sua conduta é inescrupulosa, traiçoeiro, maldoso, sagacidade, arrogante, enganador, tentador, mentiroso, sábios do mundo, materialista, etc.

O prazer do homem natural  é, arruínar através da corrupção ou sedução; portanto qualquer exemplo de costumes indignos, imaturos ou imperfeitos pode ser aplicado, através de falso ensinamento, por orgulho e rancor ou por imoralidade .Tenta destruir oferecendo bens materiais corrompendo as pessoas e, a si mesmo.1 Co 3.19 Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia.

1 Co 3. 16 Não sabeis  vós que sois o Templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?

A Natureza Humana é criada à imagem de Deus, é Trina e Uma, composta de três componentes, a saber: espírito, alma (mente) e corpo.

O espírito pode ser definido como o componente imaterial do ser humano, em que reside nossa faculdade espiritual, inclusive a consciência. É principalmente através desse componente que se tem comunhão com o Espírito de Deus.

A alma frequentemente traduzida por “vida”, pode  ser definida, de modo resumido, como os aspectos imateriais da mente, das emoções e da vontade, no ser humano, resultantes da união entre o espírito e o corpo.

O corpo pode ser definido, em resumo, como o componente do ser humano que volta ao pó quando a pessoa morre (às vezes é chamado “carne”).

O homem será moldado entre duas forças: destrutiva ou construtiva, negativa ou positiva, mal ou bem. Ele tem o livre arbítrio que é o direito de escolha.

Para uma mudança de vida é necessário uma disciplina. Mc 3. 27  Ninguém pode roubar os bens do valente, entrando-lhe em sua casa, se primeiro não manietar o valente; e, então, roubará a sua casa.

O ser humano é então formado de: corpo, alma e espírito. É regido por forças do bem ou do mal. Ele é um templo ou uma casa onde existe um caráter, uma  personalidade e este ser humano é movido pelas emoções. As emoções preparam o organismo para a ação, através das modificações fisiológicas que produzem. A maioria das situações em que o indivíduo é agitado por fortes emoções, a ação física é acionada. Um conjunto de nervos, que constituem o sistema nervoso autônomo dispara e é acionado; vão para o coração, vasos sanguíneos, pulmões, estômago, intestinos e outras vísceras, bem como as glândulas sudoríparas, os músculos do cabelo e para a íris. Atendendo ao seu comando, o ritmo respiratório aumenta, as inspirações tornam-se mais longas e as expirações mais curtas; o coração acelera, a pressão arterial sobe, etc. Os efeitos produzidos pelo sistema nervoso, ocorrem rapidamente e durante curtos períodos de tempo.

Quando as emoções são negativas, falta ao indivíduo a capacidade de raciocínio, instabilidade emocional, inteligência bloqueada, falta de reflexão, falta de confiança em si mesmo, excesso de nervosismo, atitudes mentais negativas, intelecto prejudicado; este ser humano anda sem concentração e, a qualquer momento ele explodirá. Ele é uma bomba ambulante. A casa está vazia e, com certeza, a força negativa do mal aparecerá rapidamente para incendiar o pavio e, de repente o estrago foi causado.

Somente Deus tem o poder de mudar o ser humano. O Espírito Santo é o agente da restauração, para qualquer situação humana. O crisol é um vaso empregado em operações químicas a temperaturas elevadas. Quando o cristão é colocado no crisol, o Espírito Santo o transforma em crisólito: pedra preciosa da cor de ouro;  revestido pelo Tornado de Fogo , agora o cristão está resistente à qualquer tipo de corrosão. Pv 17.3 O crisol é para a prata, e o forno para o ouro, mas, o Senhor prova os corações.

Metais purificados passam pelo fogo. Os filhos de Deus também passam pela purificação. Jesus Cristo, “Filho de Deus” também passou  pelo crisol no deserto. Foi no crisol que o ministério de Jesus Cristo se consolidou.

Mt 4.1-11

Então, foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a “Palavra” que sai da boca de Deus. Então o diabo o transportou à Cidade Santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens à teu respeito, e tomar-te-ão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentará o Senhor, teu Deus. Novamente, o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então, disse-lhe Jesus: Vai-te Satanás, porque está escrito:  Ao Senhor, teu Deus , adorarás e só a Ele servirás. Então, o diabo o deixou; e , eis que chegaram os “Anjos” e o serviram.

Ser tentado, do ponto de vista divino, significa uma prova positiva; do ponto de vista do diabo, implica sedução ao pecado; do ponto de vista de Jesus é um desafio de Satanás para por à prova a soberania e plano de Deus.

“Se tu és Filho de Deus”… “SE” não implica  dúvida, mas exprime um fato tido como certo, e pode ser traduzido por “ Uma vez que”.

Jesus Cristo estava em movimento, na ação do Espírito Santo, manipulado pelo projeto da Salvação, gerando energia, produzindo forças. Jesus Cristo estava além do seu limite. Havia um propósito das hostes malignas de tirar Jesus do sério, desestruturar suas emoções, fazer com que Ele perdesse o controle, agisse na impulsividade,  descontrolasse sua ansiedade; literalmente perdesse o controle da situação, perdesse a cabeça. Em quarenta dias e quarenta noites de jejum, o corpo de Jesus Cristo estava debilitado, mas Sua alma e espírito estavam fortalecidos pelo poder do Espírito Santo. Jesus Cristo não perdeu o foco do projeto de Deus. Em todos os momentos suas emoções estavam em ação no principal: “Está escrito”…. ”Está Escrito”….”Está Escrito”…

A força assume variadas formas. Alguns são fisicamente fortes, ou a força pode estar na vontade. A força pode estar na mente ou nos sentimentos e sensações. A força também pode estar nas convicções através da fé. A capacidade é uma força e poder eficaz e efetivo para realizar um ato, físico ou mental, decorrente ou não de aprendizagem, porquanto implica o fato da tarefa poder ser desempenhada aqui e agora, se as necessárias circunstâncias externas o impuserem e sem necessidade de aprendizagem adicional. Uma pessoa se torna capaz de conter, abrigar em si a capacidade de competência, aptidão própria, aprimorar, purificar, aperfeiçoar, afiar para um determinado fim e propósito. A pessoa que adquire força para querer mudar, se torna cortês, capaz de discernimento, conhece distintamente o provocador, sabe diferenciar o acusador, ganha habilidade contra o enganador, contesta com sabedoria, alcança tolerância, refreia vontades egoístas, cria uma foça de autocontenção, dedicação e disciplina. O treinamento diário faz com que o indivíduo discipline os pensamentos, e, se aperfeiçoe através da prática do bem.

Jesus Cristo tinha autoridade sobre o mal, mas Ele estava sendo moldado segundo o propósito de Deus para um grande projeto ou propósito. Suas emoções estavam passando pelo crisol, pela lapidação, pela purificação.  Ele teria que saber agir com sabedoria, prudência, inteligência, e tolerância. A pessoa tolerante é aquela que admite e respeita opiniões contrárias à sua. Respeita ao direito que os indivíduos têm de agir, pensar e sentir de modo diverso do outro. Pronto à perdoar, indulgente, complacente, tácito, silencioso, calado, implícito, benevolente, transigente, complacente, etc. Jesus teria colocado todo o plano de salvação por terra, se tivesse entrado na conversa do provocador.

O verdadeiro tesouro é Deus. Quem encontra Deus encontra o sentido da vida. Quando Jesus Cristo disse: Está Escrito…  A Palavra de Deus nos abre as cortinas do entendimento, controla as emoções e direciona uma luz para o caminho certo. Ef 1.13 Fostes  selados com o Espírito Santo da promessa; l4- o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para louvor da sua glória.

O que acalma a alma, limpa o interior, revigora o espírito, fortalece o coração são repetidas palavras de adoração como: salmos, hinos, cânticos espirituais, louvores, etc.. O riso também é uma grande arma contra as hostes infernais. A alegria libera endorfina e, atua para uma mudança repentina, dando uma válvula de escape para encarar os problemas. Faz bem ao coração e ao pulmão. Atua no sistema imunológico deixando o corpo mais resistente às infecções. Rir é uma expressão de liberdade. Uma força preciosa para derrotar as forças opressoras é o sorriso. Onde existe riso  há esperança.

O controle das emoções também acontece através da fé, da confiança, da segurança em Deus.

“Homens de Deus que Passaram Pela Corda Bamba”-

Sadraque,  Mesaque  e Abede-Nego foram homens de tão grande fé e confiança em Deus , que revelaram espírito tão firme que se abriram oportunidades fantásticas para Deus mostrar seu poder em favor desses homens. Embora isso possa significar uma prova de fornalha de fogo, a proteção e a libertação do Senhor Deus estavam presentes. Estes homens tinham uma convicção: “ Eis que o Nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; Ele nos livrará do forno de fogo ardente e da tua mão, ó rei”, (Dn 17.18).Esta  é uma ilustração dramática da presença e proteção pessoais do Senhor ao seu povo, que sofre por causa do seu testemunho.23- E estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, caíram atados dentro do forno de fogo ardente. 24- Então, o rei Nabucodonosor se espantou e se levantou depressa; falou e disse aos seus capitães: Não lançamos nós três homens atados dentro do fogo?25- Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei. 25-Respondeu e disse: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, e nada há de lesão neles; e o aspecto do quarto é semelhante ao filho dos deuses.

O quarto homem é uma Cristofania ( aparição pré-encarnada do Messias), a quem até mesmo Nabucodonosor reconheceu ser semelhante ao filho dos deuses.

Três jovens hebreus convictos de um Deus Verdadeiro. Eles não se submeteram ao domínio de um rei deste mundo.  A vida destes jovens estava no domínio do Reino de Deus. Depois de ser provado pelo fogo, de passar pelo crisol, eles saem  enaltecidos pelo rei Nabucodonosor. 29-Disse Nabucodonosor: Por mim, pois, é feito um decreto, pelo qual todo povo, nação e língua que disser blasfêmia contra o Deus de Sadraque, Mesaque e Abede-Nego seja despedaçado, e as suas casas sejam feitas um monturo; porquanto não há outro deus que possa livrar como este.30- Então, o rei fez prosperar os três na província de Babilônia.

O projeto de Jesus Cristo era a remição da raça humana. Em todas as circunstâncias da vida de Jesus na terra foi de autocontrole, ponderação, esclarecimento lógico, ensinamento com comparação, palavras de vigor para os fracos, força para os abatidos, etc.  O reino de Deus não será imposto pela espada nem pela força. Seus seguidores estarão armados somente com armas espirituais como: amor, bondade, benignidade, temperança, paciência, longanimidade, paz, gozo…  Neemias 8.10 “Portanto não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força”. A graça do Espírito Santo outorga aos cristãos a força suficiente para vencer a cada dia na terra. Igual o maná no deserto. 2 Co 12. 9 A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.

Jo 17. 22,23 E Eu dei-lhes a glória que a mim Me deste, para que sejam  um como Nós somos um. “Eu neles, e Tu em Mim, para que eles sejam perfeitos em unidade”.

Como atravessar para o outro lado da corda bamba da vida, se do outro lado só tem leões?

Quando se desequilibra, começando a pender para um lado, não esperar tombar, mas impulsionar imediatamente para o lado oposto. Se cair da corda, com certeza , Deus  sustentará. A mente tem uma força poderosa para influenciar as atitudes. Não espere até que as palavras e comportamento revelem um desequilíbrio emocional. Compense,  mesmo antes de as expressões se tornarem visíveis. .Daniel foi colocado na  cova de leões famintos, mas do outro lado da corda bamba estava o Leão da Tribo de Judá, que fechou a boca dos leões famintos. Dn 6.22-O meu Deus enviou o seu anjo e fechou a boca dos leões, para que não me fizesse dano, porque foi achada a mim inocência diante dele.

Jesus Cristo passou por este conflito, e , por muitas conspirações para poder implantar o Reino dos Céus. Os Apóstolos passaram por conflitos, perseguições, por provocações, para poderem falar em nome de Jesus. Os cristãos pelo mundo sofrem ataques infernais. Existe neste exato momento cristãos passando pela fornalha ardente, pela cova dos leões , pelo deserto, etc. Mas Deus disse: Quando passares pelas águas, estarei contigo, e, quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque Eu Sou O Senhor, Teu Deus, o Santo de Israel, o Teu Salvador, (Sl 43. 2,3). Para Deus não existe o amanhã. Deus não dorme e nem cochila. Seus olhos estão atento  para socorrer os seus filhos. Dn 19 “Não  temas, homem mui desejado! Paz seja contigo! “ANIMA-TE, SIM, ANIMA-TE”!

Dn 12.10 Muitos serão purificados e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão.

Dn 7.27 E o reino, e o domínio  , e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão e lhe obedecerão.

Sl 1 – 1,2- Bem- aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, tem o seu prazer na Lei do Senhor, e na Sua Lei medita de dia e de noite.

Quando alguém vier te provocar com injúrias, blasfemas, palavras torpes, tentar te descontrolar, te desestruturar,  tentar te derrubar ou coisa parecida, diga apenas  :“Está  Escrito” … “Eu sou um Vencedor”….E a graça de Jesus Cristo me basta”.

Reverenda e Psicopedagoga: Mônica Druzian.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s