ESTÃO VOLTANDO AS FLORES

Posted: 21/06/2010 in Psicopedagogia através da Palavra
Tags:

“A tenacidade é uma fortaleza interna que suporta pressões as mais indescritíveis; é semelhante a uma blindagem interior; e desse material os líderes são feitos”. C.C.D.

A história registra a vida de homens que se empenharam em liderar com propósito, cuja finalidade,  fosse transmitir a humanidade , o sonho, o ideal revelado à mente, para poder ser executado, comprometidos por uma visão libertadora, lançando mãos da própria vida em prol do livramento de muitas vidas.

“NELSON MANDELA”

O primeiro Presidente negro da África do Sul. A luta de um homem para conseguir transpor o abismo social entre brancos e negros. O líder sul – africano nasceu em l918. Mandela já nasceu em um país dividido. Desde l913, a Lei das Terras Nativas reservava 87% da então União Sul- Africana para os brancos. No ano de 1912 foi fundado o Congresso Nacional Africano – CNA.

“Existe apenas uma coisa que realmente ensina a mente humana e essa coisa é o emprego voluntário da mente pelo próprio homem.  Podemos ajuda-lo, podemos guia-lo, podemos fazer-lhe sugestões e, acima de tudo, podemos dar-lhe uma inspiração, mas a única coisa que vale a pena ter é aquela que ele adquire por seu próprio esforço, e o resultado é proporcional ao esforço que aplica para consegui-lo”,(William J. Reilly ).

Nelson Mandela se levanta para lutar pela desigualdade da África do Sul. Saindo do conformismo e da acomodação, não concorda com aparente superficial do presente sistema mundial. Resolve lutar para remover o cativeiro de um povo sofrido pelo racismo e desigualdade social: O Apartheid .

Em junho de 1964 Nelson Mandela foi sentenciado à prisão perpétua por terrorismo. Foram 27 anos recluso,  sem se aquietar. Mesmo preso escrevia cartas exortando os companheiros à resistência. ”Unam-se! Mobilizem-se!  Lutem! Entre a bigorna que é a ação da massa unida e o martelo que é a luta armada, devemos esmagar o Apartheid”. Nos anos 1980, já não era possível conter o movimento negro. O país enfrentava sérios conflitos, além da forte pressão internacional. Em 2 de fevereiro de 1990, o Presidente Frederik  de Klerk  revertia o banimento do CNA. Mandela foi libertado nove dias depois. Em 10 de maio de 1994, aos 75 anos, ele tomou posse como o primeiro presidente negro da África do Sul. Conduziu com sucesso a unificação de um país rachado. “Sem a liderança firme e equilibrada de Mandela, o país teria entrado em guerra civil. Os brancos ainda tinham o dinheiro e as armas e os negros queriam vingança”, diz Marc Ross, cientista político americano.

Nelson Mandela obteve conquistas importantes, como tirar da legislação o ranço segregacionista e, com uma nova constituição, consolidar a democracia. Promoveu reformas econômicas essenciais e profissionalizou o turismo e a mineração. Conseguiu reduzir significativamente as favelas e ampliar o acesso a saneamento básico e energia elétrica.

Hoje perto de completar 92 anos, Mandela não tem exatamente uma saúde frágil. Mas os anos de cadeia cobriram um preço alto de seu organismo. ” Seu objetivo continua definido”———– ”LIBERDADE”.

Hoje as nações do mundo se voltam para aplaudir o gesto de Nelson Mandela. Um homem que lançou mão de tudo para alcançar seu objetivo.

Liderar consiste em exercer influência sobre outros conseguindo o desenvolvimento do seu mais alto potencial. Liderar é procurar dar o melhor de si, influenciando positivamente a outros, para que estes façam o mesmo com os outros. A integridade, ou transparência na conduta, constitui a essência em que se firma a confiança dos demais, até o ponto de conseguir uma mudança neles; resgatando diferenças na vida de cada um, e, procurando levar cada um, voluntariamente a realização dos resultados almejados. ”Quem dá o melhor de si mesmo para ajudar a sua gente encontrou o caminho para que seja mais fácil aos seus seguidores alcançar o sucesso”. C.C.D.

Alguém declarou: ” Se queres planejar para um ano, planta sementes; se queres planejar para uma década, planta árvores; se queres planejar para a eternidade planta em pessoas”.

João Batista foi o precursor de Jesus Cristo. Este líder foi enviado somente para preparar o caminho para o Senhor. Ele começou anunciando uma nova dispensação, proclamando a vinda de um novo reino, o Reino de Deus e o batismo do Espírito Santo, a fim de preparar o povo para receber ao Senhor Jesus Cristo. Insistia sobre a necessidade de pronto arrependimento, porque o Reino de Deus estava próximo. João Batista, porque ele batizava com água, anunciando Aquele que viria após de si que batizaria com o Espírito Santo e com fogo, maior do que ele e ao qual não era digno de desatar a correia das sandálias, Não obstante confessar-se inferior a Jesus, Nosso Senhor foi a ele para receber de suas mãos o batismo. João relutou, para dar provas de que conhecia que Jesus era o Messias, e somente o batizou em obediência à Sua Palavra. O Espírito Santo desce em forma de pomba, repousando sobre Jesus por ocasião de ser batizado. Por este sinal, ficava autorizado a declarar que Jesus era o Cristo. João Batista disse: “Eu sou a voz do que clama no deserto”. ( Jo 1.23)

João Batista foi o líder escolhido como mensageiro enviado para aplainar o caminho do Senhor Jesus. João 1.6 ,14  Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele. Não era ele a luz, mas veio para que testificasse da luz.

Jesus Cristo é a luz: Ali estava a luz verdadeira, que alumia a todo homem que vem ao mundo. ( Jo 1.9). Luz que em sentido geral, ilumina a consciência humana e, dessa forma, torna toda a humanidade responsável perante Deus. Esta Luz renova a mente dando a capacidade de reflexão, de controlar as emoções e, guiar em um sentido positivo os pensamentos. Saber conduzir dentro de cada pessoa as atitudes de triunfo para se chegar na reta final.

Pv 23.7 Porque, como imagina em sua alma, assim ele é.

Emerson disse: “O que se encontra diante de nós e por trás de nós, é totalmente insignificante comparado com o que há dentro de nós”.

O termo Nazareno pode ser uma referência ao termo hebraico para “RENOVO”, “REBENTO”.

Uma figura de linguagem poética da fertilidade da terra e da segurança e estabilidade da vida para o povo de Deus. Mt 2. 23 E chegou e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado “Nazareno”.

Em Is ll.1 diz-se que sairia uma vara do tronco de Jessé, e que uma flor brotaria da sua raiz; um rebento da real família. Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará. 2- E repousará sobre Ele o Espírito do Senhor, e o Espírito de sabedoria, e de inteligência, e o Espírito de conselho e de fortaleza, e o Espírito de conhecimento e de temor do Senhor. Jr 33.15 Naqueles dias e naquele tempo, farei que brote a Davi um Renovo de justiça, e ele fará juízo e justiça na terra. l6- Este é o nome que lhe chamarão: “O Senhor é Nossa Justiça”. Jr 23.5 Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo; sendo Rei, reinará, e prosperará, e praticará o juízo e a justiça na terra.

Quando aquela cruz foi plantada na terra,  a madeira se fez fértil, criou raiz.  O sangue jorrado pelo Libertador da humanidade se transformou em manancial purificador dando vida. Aquela madeira que parecia morta, agora brota com toda força e vigor.  Como uma árvore na época de podar: galhos secos são cortados, aparados, terra adubada, água pura e cristalina que é a Água da Vida, revigorando a árvore cansada e, lhe proporcionando força  para uma nova vida. Ah que bom quando se olha para uma roseira podada e , os brotos começam a aparecer, a surgir:  “Estão voltando as flores”! Ap 22.2 No meio da sua praça e de uma e da outra banda do rio, estava a Árvore da Vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês, e as folhas da Árvore são para a saúde das Nações.

A história da vida é uma autobiografia.  A busca de novos horizontes, querendo avançar e transformar-se em algo novo, reagindo para mudança de comportamento, deve ser prioridades no coração do ser humano. Fp 4.8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo,  tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.

 Sabemos que quem consegue controlar a mente do homem estará controlando completamente o seu ser. Jó 1.7 Então, o Senhor disse a Satanás: De onde vens? E Satanás respondeu ao Senhor e disse: De rodear a terra e passear por ela.

Satanás – significa oponente, aquele que odeia; o acusador; adversário, inimigo; alguém que resiste, obstrui e atrapalha tudo o que é bom. Satanás é aquele que odeia e, desse modo, é o que há de mais oposto a Deus, que é o amor. Satanás atua sempre nos pensamentos. Ele distrai a pessoa com pensamentos negativos, implantando em sua mente pensamentos destrutivos, de derrota. Satanás tentou de todas as formas fazer com que Jó desistisse de lutar. Jó l3.15 diz : “Ainda que me mate, Nele esperarei”.

O espírito de perseverança, de conquista, de fortaleza,  converte-se em uma arma poderosa contra qualquer argumento do adversário. Jó em todo o tempo tem os pensamentos voltados para Deus. Ele exclama: “Eu Te conhecia só de ouvir, mas agora os meus olhos Te veem” (Jó 42:5).

O Espírito do Senhor é o que triunfa  quando não aceitamos os argumentos negativos. Todo vencedor tem que aprender  a mover-se pelo poder de Deus. Temos o grande exemplo de Josué e Calebe quando dez dos espias que inspecionaram a terra prometida davam um relatório negativo e falavam mal da terra, dizendo que, conforme o seu parecer, viam-se como gafanhotos. Porém Josué e Calebe os interromperam dizendo: “ Se o Senhor se agradar de nós, então, nos fará entrar nessa terra e nos dará, terra que mana leite e mel. Tão- somente não sejais rebeldes contra o Senhor e não temais o povo dessa terra, porquanto, como pão, os podemos devorar; retirou-se deles o Seu amparo; o Senhor é conosco; não os temais” (Nm 14:8-9).

Jesus Cristo disse: “Tende ânimo”.  Animar é dar alma ou energia vital, dar movimento, coragem,  esperança, decidir-se em  tomar um novo alento e avançar; tomar um novo fôlego e confiar, perseverar; renovar a mente, deixar brotar pensamentos positivos. Animar-se é deixar  sair de dentro os ramos verdejantes para que as flores possam surgir dando lugar aos frutos dos lábios confessando vitória .Cristo abriu uma nova dimensão de vida para toda a humanidade, ou seja, “eis que tudo se fez novo”(2Co 5.17). Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo.               (Jo l6.33).

 Abraham Lincoln, antes de chegar à presidência dos Estados Unidos, teve que passar por uma série de fracassos, porém estes, em vez de desalentá-lo e tirá-lo de ação, o impulsionaram a manter-se na luta para conseguir seu propósito. Cada um dos aparentes fracassos foram degraus que o levaram, pouco a pouco, ao sucesso.

Atos 1 .8 Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.

Doze homens de fé perseveraram na luta pela liberdade e união das nações. A função destes homens foram de informar  à  respeito da liberdade, do amor ao próximo, da vida em abundância, de alcançar os perdidos e curar os enfermos . Homens de liderança e coragem. Sem medo ou temor confiaram que poderiam alcançar o objetivo: “Levar ao mundo o conhecimento da Verdade”.  Comparados à águia: quando a mãe solta o filhote, este, ou abre suas asas e se sustém no ar, ou se choca contra as rochas e morre.  Estes homens estavam sustentados pelo Espírito Santo. Jo 15.4  Estai em mim, e eu, em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. 5-  “ Eu Sou a Videira”, vós, as varas; quem está em Mim, e Eu nele, este dá muito fruto, porque sem Mim nada podereis fazer.  Rm 11.18 “ Não és tu que sustentas a Raiz, mas a Raiz a ti.

Não existirá vida sem a cruz e, não haverá flores sem a Árvore. Aquele que está na Árvore, produzirá flores e, estas flores se transformarão em frutos e, estes frutos serão frutíferos porque as sementes da vida estarão dentro destes frutos.  Em Gn 49.22  José é descrito como um ramo frutífero, aquele que vai acrescentar.” José é um ramo frutífero, ramo frutífero junto à Fonte; seus ramos correm sobre o muro”.

Quando as flores aparecem é primavera. Os campos se transformam em matizados tapetes. As árvores crescem verdejantes aninhando as aves do céu. Os jardins exalam o perfume do jasmim. A doçura e a saúde estão nas frutas que, através das sementes gerarão vidas.

Homens extraordinários saíram a semear nas vastas planícies ao longínquo horizonte. As sementes foram lançadas no coração do mundo através do profundo amor pelas vidas.  Não olharam para as coisas que se veem, mas sim para as que se não veem e lançaram as sementes na terra com a esperança da fecundação. Ap 22. 16 Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas. “Eu Sou a Raiz e a Geração de Davi, a Resplandecente Estrela da Manhã. 17- E o Espírito e a esposa dizem: Vem! E quem tem sede venha; e quem quiser tome de graça da água da vida”.

Referências: Revista Abril por Tiago Cordeiro. Liderança de Sucesso Através dos doze. César C. Dominguez.

Pastora e Psicopedagoga: ” Mônica Druzian”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s