Archive for October, 2009

42-20271429Lc 11.20,23-

Quando o valente guarda, armado, a sua casa, em segurança está tudo quanto tem. Mas, sobrevindo outro mais valente do que ele e vencendo-o, tira-lhe toda a armadura em que confiava e reparte os seus despojos.Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha.

Jesus discute do menos importante para o mais importante. Os pais humanos , que cometem falhas, deveriam atender  às verdadeiras necessidades de seus filhos, ao invés de enganá-los com presentes.Quais as necessidades básicas de um filho?O mais importante para uma criança é um bom relacionamento entre o casal. Os pais são a segurança que suprirá ,espiritualmente, e materialmente o bem estar do menor.Jesus adverte que uma situação de separação ,   trará danos insuperáveis.Uma criança nunca conseguirá aceitar um novo relacionamento tanto do pai ,como da mãe.O vazio deixado pela saída de um dos cônjuges , deverá  ser preenchido com algo que satisfaça esta criança, ou , caso contrário , a criança ficará aberta para suscetíveis ataques emocionais.Não é nada agradável para um ser em crescimento , de repente se ver sendo criado por uma pessoa estranha, e ter muitas vezes que chamar este estranho de: meu novo pai ,ou, minha nova mãe.

Uma criança nunca pede para vir ao mundo. A responsabilidade realmente ,é de quem os coloca no mundo.Desde a fecundação aquele serzinho indefeso já depende totalmente da mãe para vir ao mundo.O nascituro já é uma vida. Daí pra frente, toda a responsabilidade será do casal. Por isso o Senhor Jesus adverte: cuide do seu lar, da sua família.

As maiorias das crianças estão crescendo cheias de agressividades. Atitudes agressivas geralmente são expressões de conflitos ,que uma criança usa como forma de pedir ajuda.Ela não consegue expressar seus sentimentos com palavras.Imaginem uma criança que adora o seu pai, de repente terá que chamar outra pessoa de pai?Ou uma criança ter que admitir sua mãe dormindo e fazendo sexo com outro homem?

Vai gerar insegurança, incerteza, medo, desamparo. Vai ter que se adaptar a uma nova situação.Se os pais conseguirem identificar o que incomoda a criança, e ajudando-o em suas dificuldades, as agressividades tende a desaparecer.Nunca se deve brigar na frente de uma criança.O mundo delas é diferente dos adultos.Para elas as brigas representam escuridão, trevas, é como ficar sozinho em um quarto escuro. Muitas vezes elas querem dormir no meio do casal, porque estar com os pais lhes dá segurança, totalmente oposto à escuridão, ou mal. Seus pais são os protetores que os livrará de todo o perigo.

Jesus estava no meio da multidão e ouviu uma mulher dizer: Bem- aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste! Mas Ele disse: Antes, bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guarda.

Jesus é o sinal para esta geração. Não se pode deixar corromper por emissoras de TV que dizem ser o casamento ,uma instituição falida.A família é a base para um futuro de sucesso.  É através da educação familiar que uma criança saberá discerni entre o bem e o mal. Somente através da orientação do alto é que chegaremos a ter uma verdadeira afinidade entre pais e filhos.

ÀS vezes a agressividade se aprende na própria família. Em casa onde todos tentam se impor pela força, ser agressivo é uma maneira de se legitimar.Por isso, o primeiro passo é a família fazer uma auto-avaliação  para identificar as atitudes agressivas da criança. Gritar e revidar a violência são os piores erros que os adultos podem cometer, pois, reafirmam para a criança, que aquele comportamento é aceitável. Ganha quem é mais forte ou grita mais alto.

Na hora da agressividade, o melhor é parar com que estiver fazendo, e tentar acalmar a criança. Depois com calma, voltarão ao mesmo assunto , explicando a autoridade dos pais.Colocando os limites, com clareza para que a criança possa entender o sim, ou ,o não.

JESUS abençoa as crianças. Mt 19.13,15 Trouxeram-lhe, então, algumas crianças, para que lhes impusesse as mãos e orasse; mas os discípulos os repreendiam. Jesus, porém, disse: Deixai os pequeninos e não os estorveis de vir a mim, porque doas tais é o Reino dos céus. E, tendo-lhes impostos as mãos, partiu dali.

Aprenda a mostrar este amor de Jesus para seus filhos. Eles crescerão com segurança e sem temor. Mesmo para vocês que são os pais. Jesus Cristo dentro dos lares trará a paz emocional, o equilíbrio espiritual. Ele guiará para o caminho certo.

Nunca usar o termo de comparação como: este menino puxou ao pai, ou, é nervosinho como a mãe. Possivelmente, o pai ou a mãe, passaram por sérios problemas em suas vidas, dos quais o filho pode ser poupado.O passado como se diz: já passou.Eis que tudo se fez novo.

                                                            Pra e Psicopedagoga; ”Monica Druzian.”

Advertisements

teleton-300x177Mc 12 .41,44

E, estando Jesus assentado defronte da arca do tesouro, observava a maneira como a multidão lançava o dinheiro na arca do tesouro; e muitos ricos depositavam muito. Vindo, porém, uma pobre viúva, depositou duas pequenas moedas, que valiam cinco reais. E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta pobre viúva depositou mais do que todos os que depositaram na arca do tesouro; porque todos ali depositaram do que lhes sobejava, mas esta, da sua pobreza, depositou tudo o que tinha, todo o seu sustento.

Uma moeda era a menor moeda em circulação n a Palestina, e valia cerca muito pouco. O importante para Jesus não é a quantia da oferta, mas o compromisso e sacrifício que isso representa.Ele julga nossa oferta não pela quantia que doamos, mas por quanto deixamos depois de termos dado.

Lc 21.1,4

E, olhando ele, viu os ricos lançarem as suas ofertas na arca do tesouro; e viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas; e disse: Em verdade vos digo que lançou mais do que todos esta pobre viúva, porque todos aqueles deram como ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza deu todo o sustento que tinha

Jesus não critica o doar em público, mas condena a esmola para um pretesto, que ostenta vaidade e que atrai atenção.

O Brasil inteiro conhece a historia do menino Felipe. Com apenas sete anos de idade, foi tocado pelas crianças deficientes do TELETON. Estava assistindo o SBT, e, ficou impactado pelas criancinhas sem perninhas, sem bracinhos; criancinhas sem poder falar, andar.Então Felipe tomou uma atitude digna: vou ajudar estas crianças.  Pegou seu cofrinho com apenas oito reais,e, pediu aos seus pais para levá-lo ao SBT. Queria fazer parte na construção do Hospital . Com sua pequena oferta poderia também colaborar.

Aquela cena tocou profundamente o coração do povo brasileiro.Através daquela atitude foi criada a corrente do bem.Os mais humildes ,também poderiam ajudar. Todos poderiam colaborar nesta construção . Um hospital em prol das crianças deficientes.

Felipe e seu avô se uniram nesta causa. A corrente do bem cada ano aumentava :um cofre maior, uma sacola, uma mochila, uma mala,etc.Um povo humilde ,doando seu melhor:uma moeda.

O ano passado quando Felipe entrou com suas moedas , ele falou para o Silvio Santos:Um dia eu ainda vou ver  naquele placar: “Corrente do Bem!” Silvio  Santos olhou para aquele humilde menino e sorriu.Parecia que queria dizer: Vai ter que comer muito feijão !

 Felipe não deu bola e continuou sua missão.Agora já estava com dezoitos anos.Tinha amadurecido. Ele aprendeu o que é amar.Um sentimento capaz de tornar o homem disponível, capaz de se doar, de se entregar para o bem comum; o bem do próximo.Dentro de sua alma reside  a esperança, e um desafio: Conseguir o seu ideal-Respeito mútuo, fidelidade nos seus propósitos para ajudar o próximo.

Felipe e seu avô resolveram bater o recorde de arrecadação.Os dois sairam distribuindo cofrinho pelas escolas, pelos estabelecimentos, pelas casas.Um trabalho árduo. Muitas vezes Felipe viu seu avô cansado sentado na sarjeta.Havia uma exaustão física naquele homem, mas ele queria demonstrar ao seu neto uma fortaleza.Não queria passar desânimo.Mas os seus esforços foram além e, Seu avô acabou morrendo.Foi um grande choque para Felipe.

Felipe continuou sozinho. Mesmo com a dor e o sofrimento da perda do seu Super Avô ,ele continuo  e disse: Pelo meu avô e por todas as crianças deficientes!Vou conseguir!

Mais um ano se passou.O dia do TELETON chegou. Todos doando, ofertando,telefonando. Cantores, atores,enfim,uma grande festa.

No ultimo dia já quase para terminar o programa, entra no palco o nosso querido Felipinho. Ele carregava  duas malas de moedas. Mais um desafio cumprido .Mais uma etapa vencida.

Silvio Santos lhe pergunta: Onde está o seu avô? E ele responde: Morreu!

O seu semblante era de tristeza.Mas havia tanta criança precisando de amor, que ninguém notou a dor  do adolescente Felipe..Agora teria que continuar sozinho.Ser forte como seu avô.

Colocaram ao lado de  Felipe ,  um representante de um cartão muito famoso . Seu envelope era de RS 3.500.000,00 .As moedas de Felipe eram apenas de RS 362.000,00.

 Silvio Santos perguntou a Hebe Camargo: quanto você acha que tem neste envelope? Ela e Claudia  Leite  responderam vários valores .Enfim, Silvio Santos falou o valor, e a multidão gritou pela quantia recebida.Não notaram a presença de um jovem humilhado, machucado.A Hebe Camargo falou ao Silvio Santos: Você não vai ver a quantia do Felipinho?Silêncio!                                                                                                                                                  O que a maioria nem poderia imaginar era que ,aquelas moedas foram conseguidas pela classe dos mais humildes, dos menos favorecidos, dos pobres, dos assalariados,etc. Classe unida em amor, “ A Corrente do Bem “. Um povo que abraçado pela paz.Mesmo que aos olhos de muitos, possa parecer insignificante. O nosso Herói estava no palco.

  Muitas crianças mudaram suas atitudes . Passaram a olhar o ser humano com amor.Somente  através do  gesto do menino Felipe.Não importa se o placar não foi acesso para a Corrente do Bem. O que importa é o que Jesus Cristo  viu em secreto, ocultamente cada mão estendida para o TELE TOM.Como disse Silvio Santos:Mãos que se abriram para ajudar seu semelhante. Um povo sofrido, mas que acredita que o amor pode vencer.Um povo que se deixa abraçar e ser curado, somente através do amor mútuo.Uma benevolência invicta e boa vontade inconquistável ,sempre procuram o bem maior da outra pessoa, independentemente do que ela faz ou possui. É o amor auto-concedido que dá livremente sem pedir nada em troca . Sem considerar o valor de seu objeto.Um amor incondicional , daquele que deu o seu melhor,   tudo o que tinha: Uma Moeda.

Quando Airton Sena chegava com seu possante carro ,todos podiam ouvir: TAM<TAM<TAM<TAM………….Airton Sena do Brasil…………………..

O mundo, o Brasil, os céus aplaudem o menino Felipe  . O placar está acesso  com a seguinte frase. “ESTAMOS ORGULHOSOS “- A CORRENTE DO BEM AGRADECE E DIZ: NÓS TE AMAMOS.

FELIPINHOOOOOOOOOOO DO BRASILLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

                                                       Pra. e Psicopedagoga:”Monica Druzian.”

42-19949441Nm 13 .30,33

Então, Calebe fez calar o povo perante Moisés e disse: Subamos animosamente e possuamo-la em herança; porque, certamente “prevaleceremos” contra ela. Porém os homens que com ele subiram disseram: Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nós. E infamaram a terra, que tinham espiado, perante os filhos de Israel, dizendo: A terra, pelo meio da qual passamos a espiar, é terra que consome os seus moradores; e todos os povos que vimos no meio dela são homem de grande estatura. Também vimos ali gigantes, filhos de Anaque, descendentes dos gigantes; e éramos aos nossos olhos como gafanhotos e assim também éramos aos seus olhos.

Confiança de Josué e Calebe: Subamos… Porque, certamente, prevaleceremos contra ela.

Falta de confiança dos dez espiões: Não subamos… Porque é terra que consome os seus moradores.

Um relatório positivo, e, outro relatório negativo.

Nossas ações são afetadas pelas coisas que habitam nossos pensamentos. As palavras sairão do nosso interior como edificadoras ou destruidoras.

Deus sempre termina o que Ele começa. O povo recebeu uma promessa vinda de Deus. Terra que mana leite e mel.

A ênfase é na disposição de permitir que o poder de Deus sustente a dificuldade e a escassez, e acentue o deleite da abundância.

A concentração de Josué e Calebe não estava naquilo que haviam visto, mas naquele que era o Dono da Terra. Isto se chama maturidade espiritual.Esta terra a ser possuída está dentro do interior do ser humano.Dentro de cada indivíduo existe um tesouro escondido.A existência de Deus na vida do homem, como também a Sua função de sustentador garante o equilíbrio do cultivo da terra para uma boa plantação.

Um homem com toda a sua riqueza não podem acrescentar mais um dia em sua vida se não for por intervenção de Deus. Uma mulher pode fazer todos os tipos de cirurgias para melhorar sua aparência, mas, ela não pode mexer em sua estatura. Para ficar mais alta terá que usar sapatos de salto.

Para começar o cultivo da terra, é necessário o esvaziar-se de si. Para fazer jorrar a riqueza interior é preciso reconhecer que depende do Agricultor. O filho pródigo reconheceu que somente seu pai poderia lhe ajudar.

A maioria dos fracassos são guerras travadas dentro do seu ser, fazendo com que se torne seu próprio inimigo. Uma organização não pode prevalecer quando há desentendimentos, brigas. Não pode haver divisão entre o corpo e a alma. Eles devem estar bem ajustados.Todo sentimento de destruição tem de ser eliminado.

Sto Agostinho disse: Deus fez o homem para si mesmo.

O homem não encontra descanso e paz dentro de si, enquanto não encontrar-se com Deus.

Deus usa as oportunidades e realidades da vida para encontrar-se com o homem.

Sl 63.1 Ó Deus, tu és o meu Deus; de madrugada te buscarei; a minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito em uma terra seca e cansada, onde não há água.

Sl 143.6 Estendo para ti as minhas mãos; a minha alma tem sede de ti como terra sedenta.

O salmista está completamente envolvido em adoração a Deus. O verdadeiro adorador expressa abertamente o seu coração ao Pai. Uma intimidade como terra e água. Uma Fonte abençoadora. DEUS SEMPRE PROVIDENCIA  O NECESSÁRIO .

O SENHOR PROVERÁ (Hebr. YHWH Yireh).

Sozinho você não pode, mas Deus pode todas as coisas. Duas coisas: a busca e o encontro.

Deus falou para Josué: Se forte e corajoso, não temas, nem te espantes, porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares. (Js.1.9).

Não deixe que pessoas como os dez espiões atrapalhem sua vida com palavras negativas.

Você não está sozinho, não é um órfão. Você tem um Pai  que te encoraja para prosseguir  quando pessoas desestruturadas te puxam o tapete. Levante a cabeça e comece a processar a terra. Tudo que é ruim, tudo o que é prejudicial, tudo o que atrapalha a sua prosperidade, o seu crescimento, a sua integridade, comece a jogar no processador. Comece a adubar, pois , o Senhor vem descendo pelos montes com a Água da Fonte da Vida.

Seja uma terra próspera. Dt 26.8,9     E o Senhor nos tirou do Egito com mão forte, e com braço estendido, e com grande espanto, e com sinais, e com milagres; e nos trouxe a este lugar e nos deu esta terra, terra que MANA LEITE E MEL.

CB064034Gn 12. Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai –te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra , e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.

Lc 1 30,31 Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus, E eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.

Dois casais; dois chamados- Abraão e Sara; José e Maria.

Pessoas escolhidas por Deus provido de emoções humanas. Não se trata de serem eles e elas perfeitos; longe disto.Eles lutavam com as suas fraquezas  e limitações ,sobrepujando ao comando de Deus.

José e Sara envolvidos com pessoas que tinham um chamado.

Deus escolhe homens e mulheres para liderar. A visão do plano de Deus é a idéia criativa revelada na mente da pessoa escolhida para que este a execute.

Sara batalhou com Abrão, ombro a ombro, lado a lado, sempre sensível à direção do Espírito Santo. Ela era uma mulher bem conservada. Quando prestes a entrar no Egito, Abraão temeu que a sua beleza atraísse a atenção dos egípcios e que o matassem para se apoderarem dela. Recomendou-lhe, pois, que dissesse que era sua irmã. Anos depois lançou mão do mesmo expediente na corte de Abimeleque, rei de Gerara. Sara tinha uma escrava de nome Agar, mas nem por isso se dispensava dos trabalhos domésticos. Não tinha filhos, e, abeirando-se dos setenta anos, chegou à conclusão de que a sua esterilidade viesse a comprometer a promessa que Deus fizera a Abraão, de que a sua descendência seria numerosa. Assim, pois, tomou a sua escrava Agar e a deu a seu marido para que tivesse filhos por meio dela. De Agar nasceu Ismael. Chegando Sara à idade de oitenta e nove anos, teve promessa de dar à luz um filho, e ao fim de um ano nasceu-lhe Isaque, o filho da promessa.

Mt 1.19   Então, José, seu marido, como era “justo” e a não queria infamar, intentou deixá-la “secretamente”.

Por ocasião do estado interessante da Virgem, quando ainda desposada com José, pensou este em abandoná-la secretamente, por ser homem justo e não querer infamá-la. Andando ele com isto no pensamento, apareceu-lhe em sonhos um anjo do Senhor , dizendo: Não temas receber Maria tua mulher, porque o que nela se gerou é obra do Espírito Santo.

José ocupava-se do ofício de carpinteiro, auxiliado por seu filho Jesus. Cuidou do menino dando-lhe educação e amor.

O caráter de José é evidenciado por sua relutância em expor sua esposa ao repudiá-la perante testemunhas.

É importante observar que a visão correta não produz louvor pessoal, mas exalta a Deus e glorifica a Jesus Cristo. Não existe a palavra: Meu ministério, pois, dois se tornaram uma única carne ou corpo. Deus não é um Pai de divisão. Se Ele falou ao homem, falará também à mulher.

Quando uma visão não provém de Deus, geralmente está contaminada pelo egoísmo, avareza, orgulho, ciúme e vingança. Por exemplo, quando a visão tem como prioridade o aspecto financeiro, não é correta, uma vez que o Senhor declara que as coisas vêm por acréscimo.

O triunfo de uma liderança com sucesso está no respeito mútuo, na vida pessoal e familiar. O projeto de Deus sempre será para o casal.

Existe ainda um grande preconceito com a liderança feminina. Muitos países como: China, Japão, Israel, Índia, Coréia, etc. ainda não aceitam mulheres como líderes.Mesmo com os sinais visíveis da presença de Deus na vida das mulheres, elas são discriminadas.

Hoje se fala tanto em inclusão e exclusão. Existe uma grande discriminação dos homens, um grande preconceito sobre a liderança feminina. Os padres exercem o poder de representar Deus na Eucaristia, as Madres servem apenas para o convento.Muitos Pastores discriminam a liderança feminina . Mulheres separadas para pregar as Boas Novas. São Missionárias, Pastoras, Bispas. Quem sabe um dia na História da Igreja não se houve falar de uma Papisa. Elas se levantam pagando um alto preço. Não encontram apoio de filhos, de maridos, da família, mas não se amedrontam diante dos desafios. Prosseguem para o objetivo, para o alvo supremo das vidas que precisam de socorro.Mulheres sem medo , valentes, valorosas, corajosas.Exemplos: Sara, Joquebede, Isabel, Ester, Débora, Rute, Maria Madalena, Ana , Virgem Maria, etc..Madre Tereza , exemplo de renúncia pela salvação dos humildes, os desfavorecidos, os pobres.

Todo o esforço de Jesus Cristo foi para que pudéssemos trabalhar em unidade. O desafio é trabalhar em favor das almas, do próximo.

As pedras são vivas. Não existe gênero masculino ou feminino para pedras. Seres racionais, igualdade social.Direitos a todos sem distinção de raça, cor, sexo. Homens e mulheres unidos para um único objetivo que é o amor. Uma raça eleita e domínio soberano de Deus.Não é dado ao homem o direito de ser Réu de Juízo.A escolha vem de Deus.Somente Deus tem o poder de julgar, selecionar, condenar, escolher e atribuir autoridade.

A palavra discípulo foi usada primeiro para os doze e depois para os cristãos em geral. O líder é aquele que aprende tanto com os ensinamentos como com o professor.Jesus instruiu seus discípulos sobre o objetivo de sua missão, a essência de sua mensagem: Virá o Espírito Santo que batizará com fogo.

Este fogo nos leva a: Curar os enfermos, limpar os leprosos, ressuscitar os mortos, expulsar os demônios; “DE GRAÇA RECEBESTES, DE GRAÇA DAÍ. Mt 10.8

42-17861059Mt 7.24 ,27.

Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.E aquele que ouve estas minhas palavras e as não cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.

Na frente, sob os olhares de toda a multidão, um casal se ajoelha nas almofadas aveludadas. Receberão as bênçãos do matrimônio: Unidos na doença, na saúde; na alegria, na tristeza; na bonança, na fartura; até que a morte vos separe. Para toda uma vida.

Ambos estão nervosos, e ouvem à voz do sacerdote que lhes faz uma pergunta fatal: a aceita (a) como esposo (a) para honrá-lo (a), respeitá-lo (a), amá-lo (a)?

E, cada um, por sua vez, responde firmemente: Sim, eu aceito.

O sim exprime afirmação, acordo, permissão, um ato de consentir. Esta simples palavra muda o destino, o caminho; até a morte de um dos dois.

Ao receberem as bênçãos de Deus que os une em um só corpo, de braços dados sorrindo, seguem pelo tapete vermelho como conto de fadas, para um universo cheio de encantos e de surpresas. Seguem para a viagem de núpcias, que significa celebração.

Pesadelo ou Realidade?

A viagem foi maravilhosa. Hotel cinco estrelas. Passeios, festas, praias,compras.Mil amores.

Eu te amo o tempo todo. Como se diz: dois pombinhos e beijinhos pra lá e pra cá.

A lua de mel acaba, e, o casal retorna. A realidade entra em ação.O “Sim” será para sempre.

Ao levantar o casal se depara com a realidade. Cabelos desarrumados, rosto inchado, nariz brilhante, boca amarga, cheiro de suor e, suas necessidades fisiológicas a serem feitas. Não tem mais volta para a casa dos pais. Terão que se adaptar naquela nova vida. Toalhas molhadas na cama; pasta de dente na pia,roupas jogadas pelo chão,casa para limpar, roupas para lavar,comida a ser feita, dinheiro para ganhar, e, filhos que irão chegar.

Mesmo quando dois seres se amam profundamente e quando o amor foi abençoado por Deus, a felicidade deve ser conquistada e reconquistada constantemente. O marido e a esposa devem trabalhar incessantemente para construírem e reconstruírem , dia a dia, um amor que o tempo e os choques da vida tendem constantemente a destruir.

Um ano após o casamento: Bodas de papel. O papel está longe de possuir a consistência da prata, do ouro, do diamante.Começa as cobranças, as reclamações, as podas, as brigas. Ela quer ouvir o tempo todo: Eu te amo. Aos olhos de um homem o problema é resolvido de uma vez, definitivamente: Eu te amo, tu me amas, nós nos amamos. Está entendido, estabelecido. Nós dois já sabemos disso. Por que repetir este estribilho todos os dias? Homem e mulher falando a mesma língua, mas com sotaques e expressões diferentes.

O amor não afasta as dificuldades e tempestades, e o tempo passa e os filhos chegam.

Cinco anos de casados. Bodas de “Madeira”. Madeira marca um período em que são freqüentes as caras fechadas e impenetráveis como um pedaço de pau. A pressão aumenta. Vai haver tempestade. Descarregar a cólera. Explosão. O temporal desaba. Qualquer acontecimento é pretexto para descarregar a bílis.

Perda da saúde, morte de entes queridos, falta de dinheiro, beleza acabando, e os anos vão se passando. Agora são dez anos de casados.Bodas de “Estanho”. A menor faísca desencadeia estouros, parecidas com essas bombinhas amarradas uma às outras, acendida a primeira, esta, ao estourar, acende a segunda e assim por diante. Bum! Bum!  Faisca para todos os lados. Pá! Pá!….

Assim o tempo passa, e, com o tempo se adquire experiência. Vinte anos :”Bodas de Porcelana”.Vinte e cinco anos: “Bodas de Prata”. Cinquenta anos: ”Bodas de Ouro, etc…

Monogamia e monotonia são quase sinônimas. Em todas as vidas, há monotonia. O solteiro também se isola e sente cansaço de uma vida vazia. Os religiosos como Padres e Madres também sentem solidão, saudade da família, A obrigação da castidade é tão rigorosa para um Padre quanto à fidelidade para um marido, uma esposa.

Através de muitas tempestades, a vida conjugal consiste em conseguir fazer brilhar o arco-íris. Promessa de paz e de tranqüilidade.

O casamento é uma instituição divina, constituída no princípio, antes da formação da sociedade humana. O Criador fez o homem e dele tirou a mulher, e ordenou o casamento condição indispensável para perpetuar a raça humana. Deus deu ao homem uma adjutora igual a ele. Os laços da família não podem ser dissolvidos. A vista de Deus o tribunal civil não pode anular o casamento. As relações espirituais, entre Deus e o seu povo, são comparadas às de um esposo com a sua esposa.

Respeito mútuo. O lar seria um jardim fechado, regado e cuidado. Um abrigo onde a família se refugia para aprender a ser pai, a ser mãe. Um crescimento neste novo relacionamento onde tudo é desconhecido; aceitando o outro do seu jeito, e, adaptando-se com esta realidade na mutabilidade e particularidade, sem expor a sua intimidade para terceiros.

O ambiente cultural guerreia contra o casamento cristão, procurando denegrir ou diluir como instituição falida, sendo que esta instituição é divina. A família é o bem mais precioso.Se consolida com o tempo. A identidade de uma pessoa é formada dentro da família. O fortalecimento de um lar  , levarão os filhos para serem vitoriosos, edifícios construídos na Rocha.Mesmo nas lutas eles não se abalarão.

Marido e esposa. Papéis diferentes dentro do lar, mas cada um com o seu valor. Ambos caminham iguais. Ombro a ombro, lado a lado. Se um cai o outro levanta , sem condenar, mas sabendo perdoar.Somos seres falíveis.Somos humanos.

Eu sou do meu amado e ele é meu. Uma oração completa.

Casamento: respeito, amizade, necessidades, qualidades, sacrifícios,

, Liderança, paciência, silêncio. Aprenda a crescer juntos, de tal modo que estejam envolvidos para encarar desafios. Onde quer que tu me vás irei também. Onde quer que pousares , ali eu pousarei.

Saber trazer harmonia, paz, gozo. A essência da paz é dupla. Paz significa “estar unido com”, bem como” terminar com a hostilidade”. Nenhum marido ou esposa consegue fazer isso por simples força de vontade ou resolução, mas somente Deus os ajudará a alcançar o equilíbrio, a paz, a harmonia para o alicerce da construção de uma  família.Jesus Cristo é a Rocha, a Pedra Angular,o Prumo,O Sustentador, O Arquiteto para uma casa bem ajustada.Somente Deus poderá edificar o lar. Não existe outro caminho. Deus é o abençoador.Somente Ele é o Criador da vida ,e, somente Ele determinará quantos filhos você terá.A força do Espírito de Deus ,renovará sua energias.O Pai, O Filho e o Espírito Santo;um em três.O marido , a esposa, e a trindade divina;um em três.Somente assim serão vencedores.

Olhe primeiro para dentro de você, de maneira franca e leal e verás que não é perfeito (a). Derrube primeiro as suas barreiras, antes de querer remover as barreiras do outro.

A união só prevalecerá se entender o que o outro está passando, aceitar a pessoa como ela é. A vida não acaba e os sonhos não terminam com o casamento. Aprendendo juntos, de mãos dadas, comprometidos com a educação dos filhos.A vida é cheia de batalhas, e nenhum ser humano vence sozinho.Como o ferro afia o ferro, um ser humano também afia outro ser humano.Construir uma família é moldar as almas.

                                                 Pastora e Psicopedagoga  Monica Druzian.

42-21195491Era uma vez um porquinho que perdeu seu nome de batismo. Por ser muito gordo, seu nome foi trocado pelo apelido de : Leitão.

Sendo muito vaidoso, tornou-se um porquinho muito triste, revoltado, estressado, nervoso, chato, irritado. Os amigos vendo que este apelido o deixava mal-humorado gritavam mais alto ainda: Olha a barriga de melancia, a baleia vai jogar toda a água da piscina, carrega a gente mamute, porco gordo, leitão!

Com o semblante triste, olhos voltados para o chão, passos lentos; demonstrando a dor que levava dentro do seu coraçãozinho infantil, Josias se isolava. Incompreendido, criticado,ridicularizado tinha sempre que ouvir:Tinha que ser este Leitão.

Os sentimentos de inferioridade podem inibir a livre relação social. A vergonha, a rejeição, a humilhação ,acaba levando o indivíduo ao total isolamento.A ansiedade e a inquietação causam desordens estomacais , e, devido aos sentimentos de inferioridade, a pessoa quer acabar com a dor da alma ,então come para aliviar a dor.

A relação entre a mente e o corpo é muito estreita. A mente e o corpo se encontram tão estreitamente relacionados que nem sequer um só pensamento ou disposição de ânimo pode surgir sem refletir-se no organismo físico. As emoções desempenham o papel vital de proporcionar a energia que motiva a conduta humana. É a energia que move, proporciona que permite realizar coisas.           “Dona porca Fafá, entra em ação.”

A mãezinha de Josias começou a ajudá-lo. Sua palavra o valorizava, o reanimava. Ela usou o método da compensação: esforço para libertar-se, aliviar ou vencer a inferioridade.Fez com que o porquinho Josias conseguisse ganhar segurança, adquirir confiança,aprender a se conhecer, aceitar a si e às suas emoções, suas qualidades, suas deficiências, construir e desenvolver suas virtudes.O porquinho começou a reagir.Começa a se valorizar.

Josias não se sentia mais humilhado por ser gordinho. Agora ele tinha descoberto o seu potencial: Sou um porquinho muito inteligente.

O porquinho Josias resolveu usar a razão e o seu juízo para sair daquele sentimento de inferioridade. Começou a sentir uma grande alegria de viver, a ser guiado pela cabeça, pelo intelecto. Ele não se influenciava mais pelas palavras negativas. Seu caráter amadureceu, firmou sua personalidade. Não era mais um porquinho derrotado. Com a cabeça erguida, o olhar firme, andar positivo, passava entre seus amiguinhos sem se importar com seu apelido, e, ouvia: Oi Leitão, sua barriga é um balão; melancia, cuidado pra não cair na bacia; elefante mamute; baleia redonda!

Josias seguia para os seus ideais. Não se importava mais com as opiniões externas. Estava amadurecido interiormente.Era o melhor aluno da escola. Tornou-se goleiro do time de futebol. Foi escolhido para ser líder estudantil.Respeitado pelos amigos, professores, diretores.Sempre estava à disposição para ensinar, ajudar, colaborar com os menos favorecidos.

No dia da reunião dos pais, Josias entra na sala de aula de mãos dadas com seu pai porco, Seu Juca. Quando o pai é chamado para receber o boletim do seu filho, levanta orgulhoso e ouve as palavras da professora: Seu Juca, seu filho é o melhor aluno da escola! Parabéns .

O porquinho Josias e seu pai porco, Seu Juca, se abraçam com lágrimas nos olhos.

Pais abençoados criam filhos abençoados. Cada indivíduo influi nos demais através dos seus sentimentos. Os pais poderão transmitir ânimo ou desânimo em suas ações para os filhos.

Toda a alegria espiritual depende da qualidade de dar, contribuir, servir, aceitar, respeitar o semelhante.

A vida é para ser cultivada, e, desenvolvida para relacionamentos sadios. Respeito ao semelhante. Transmissão de ações positivas.Respeito mútuo.Respeito dos pais aos filhos, e, respeito dos filhos aos pais.

Js 24.15 “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor.”

                                                                                               Pra. e Psicopedagoga Monica Druzian.

42-159690632 Sm. 4.4  E Jônatas, filho de Saul, tinha um filho aleijado de ambos os pés. Era da idade de cinco anos, quando as novas de Saul e Jônatas vieram a Jezreel; e sua ama o tomou e fugiu; e sucedeu que, apressando-se ela a fugir, ele caiu e ficou coxo; o seu nome era Mefibosete.

Era uma vez um menininho muito feliz. O seu avô era rei de Israel, e, seu pai era um lindo príncipe. Mefibosete também era um principezinho; estava sendo preparado para assumir  o reinado do seu querido avô.Como todas as crianças o menino Mefibosete gostava de: brincar, correr, jogar bola, andar de bicicleta, e, tinha muitos amigos.

Certo dia Mefibosete foi passear com seu avô e seu pai Jônatas. Ele também tinha uma babá que cuidava dele.Todos estavam felizes, e Mefibosete   passeava segurando nas mãos de seu querido avô e, seu querido pai.Mas, de repente ,surgiu no meio do caminho ,alguns homens muito ruins.Começaram a bater no seu avô e no seu pai.A sua babá ficou desesperada vendo aquela cena horrorosa; tomou Mefibosete nos braços e começou a correr desesperada para salvar a vida do pequeno príncipe.Enquanto corria, ela ouvia os gritos do avô e do pai de Mefibosete.Em meio à tão grande desespero, a babá acabou caindo ,e, Mefibosete caiu fraturando os seus dois pezinhos.

De repente uma grande fatalidade. Um acontecimento funesto muda a vida daquele menino.Sem avô, sem pai, com os pezinhos tortos, apenas cinco anos de idade, tendo que fugir para não morrer.Que calamidade!

 Continuar vivo em meio aos traumas, ao choque violento. Prosseguir em meio aos obstáculos que aparecem no meio do caminho.

Conta certa lenda que havia um sapo. Ele foi colocado num caldeirão cheio de água. Colocaram fogo embaixo do caldeirão, e, a água foi esquentando aos poucos. O sapo tinha uma saída: pular e se livrar daquela situação. Mas o sapo ficou com muito medo de enfrentar o novo desafio, e, ficou paralisado pelo temor. Aquela água foi ficando cada vez mais quente. O sapo acabou morrendo.

A vida é um grande mistério. Não se pode questionar porque uma flor tão bela nasce em meio ao esterco. Ela não questiona, mas em meio aquele mau cheiro, a florzinha resolve reagir.Ao invés de se lastimar, ela  reage, e começa a exalar um perfume.Lança de si vapores, odores que emana do seu interior. Todos que passam pelo caminho, param somente para observar aquela linda flor e sentir o seu perfume. Aquela flor não nasceu ali por acaso.Nada existe à toa.É o milagre da vida.

Existem frutas que são azedas, outras, são doces. A mesma terra, os mesmos sai minerais, o mesmo sol, a mesma chuva.Cada fruta produz o seu próprio sabor , e, cada uma com sua utilidade.

Podemos abrir uma maçã e contar suas sementes, mas não podemos contar quantas maçãs têm dentro de uma semente. ( Fil.de vida).

Você consegue mudar a cor da pele? Negros, amarelos, brancos, mulatos. Você consegue mudar à cor dos olhos? Azuis, pretos, castanhos, verdes, etc. Existem cabelos lisos, cheios de ondas, encaracolado. As necessidades fundamentais são as mesmas: A vida. Todos caminhando para um objetivo: Sobreviver.

A história daquele pequeno príncipe não parou. Ele cresceu e refez sua vida. Tornou-se um homem de excelente caráter. Não se deixou abalar pelos traumas. Casou-se e constituiu sua família. Teve um lindo filho : Mica. Foi convidado para voltar ao palácio, e, sentou-se à mesa com o rei Davi. Mas Mefibosete preferiu seguir sua vida simples ao lado de sua família. Ele não estava mais preocupado com as riquezas deste mundo. Mefibosete era feliz.

Olha para a cruz. Jesus Cristo suportou todos os tipos de humilhação por amor a você. Foi surrado, cuspido, açoitado, pregos em suas mãos, espinhos em sua cabeça, atravessado por lanças.Ele suportou a dor e a agonia para realizar o projeto de salvação:” Estar conosco todos os momentos da nossa vida “.Ele disse: Não te deixarei e nem te desampararei.Jo 13.32 “ Meus filhinhos”….levanta e anda .Eu Sou aquele que venceu para te dar vida.

Ap.21.4 E Deus limpará de seus olhos toda lágrima…

Hb 3.l9 Jeová, o Senhor, é minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas.

                                                                               Pra. E Psicopedagoga: “Mônica Druzian.”