Tudo é vaidade

Posted: 14/09/2009 in Psicopedagogia através da Palavra
Tags:

42-21964307Eclesiastes 12.

Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer Não tenho neles contentamento,  antes que se escureçam o sol, e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva,

A Bíblia divide a história em dois séculos, O PRESENTE SÉCULO MAU E O SÉCULO FUTURO.

Os dois séculos estão atualmente caminhando em paralelo. Jesus veio para nos resgatar do domínio do século antigo e para nos transferir para o século vindouro.

Os jovens buscam segurança em coisas temporais, se prendem à posses materiais.Mesmo que todos ao nosso redor busquem os prazeres desta era, Deus adverte ao jovem, sobre sua responsabilidade, perante à sociedade, pelo reconhecimento de suas atitudes,pois, a vida passa rápido demais e não se deve degenerá-la em práticas que resultará em aflição e sofrimento.

Deus quer que seu povo se alegre e que os jovens desfrutem da sua juventude, mas cuidado por onde colocar os pés. O sábio evita danos, porque sabe o que pode acontecer e se acautela dos perigos ocultos. Os nossos olhos são a janela da alma,mas o imprudente com apenas um olhar pode estragar tudo.Não seja insensato preocupado apenas com a beleza exterior. A velhice chegará para todos e, haverá tempo em que não mais enxergará  com perfeição. O sol se escurecerá e, perderá a alegria porque não conseguirá mais caminhar sozinho e, precisará ser conduzido.

Deus adverte que sois vasos de barro, seres humanos fracos e limitados.

Os jovens não se preocupam com a alimentação. Não viva segundo o sistema do mundo. Tenha um propósito. A fome e a sede de justiça deverão ser pelas coisas de Deus. A preocupação pelas coisas do mundo, pelo engano das riquezas, pela ambição pelas coisas materiais, pelos prazeres do mundo, traz ao homem destruição e cessa a fome e a sede de Deus. Você consegue se auto-disciplinar, porque não é produto de evolução, mas a imagem e semelhança de Deus. O corpo físico voltará ao pó um dia, e a vida passa rápido demais. Quando chegar a velhice andarão com  dificuldades, terão medo de cair, terão limites.Lutarão contra a solidão, pois, não conseguirão mais sair de casa, e muitas vezes morrerão abandonados .Tudo se tornará mais difícil.Os velhos são olhados sem misericórdia, sem serventia e um rosto cheio de rugas representa nojo perante uma sociedade.Não tem o direito de seus sentimentos, pois, são considerados como fonte seca e sem atração.Seguem seus caminhos lentamente, cheios de ressentimentos e amarguras,intrinsecamente entrelaçados pela mente e emoção.

Vaidade de vaidade, tudo é vaidade.

Atenta jovem que não há limite para fazer aquilo que quer. Lembra de uma verdade solene e inalterável=a prestação de contas do ser humano perante Deus, por todos os seus atos chegará.Todos os nossos atos, bons ou maus.O grande sábio Salomão deixou as palavras de sabedoria em Ecl.12.13-De tudo o que se tem ouvido, o fim é- Teme a Deus e guarda os seus mandamentos, porque este  é o dever de todo homem.

Se cada jovem colocar suas esperanças na misericórdia daquele que pode intervir na restauração de suas vidas, não haveria medo da velhice, porque ela chegaria de uma forma equilibrada, moldada de experiências, de essência positiva e significativa, trazendo com ela o saber aconselhar, a virtude de amar, registros de experiências para poder ensinar, a capacidade de treinar jovens para o cumprimento da vida.

A empatia de duas gerações-Sabendo escutar e ouvir o que cada um tem a transmitir. Relacionamentos interpessoais.Na aceitação mútua, na unidade, um tem o saber ensinar, e o outro, o vigor e a paciência de aprender.Reciprocidade, respeito, amor,laços de união unindo duas gerações.

O momento é único, e o presente é agora. Vamos nos engajar  para uma mudança determinada que resultará em resultados para o futuro.O velho não é chato, e o jovem não é maluco, são gerações procurando se identificar o significado da vida e morte, onde começa e onde termina.Esperando o trem que pára na estação, levando os amores da vida e deixando apenas a saudade.Assim é a vida. Uns chegam, e outros vão, mas são vidas em ação. Então para que complicar.Respeitar o mais velhos não é impossível.Ambos estão ainda aprendendo com a vida, porque somente a vida nos ensina o certo e a verdadeira direção.

VAIDADE, VAIDADE…………TUDO PASSA

SOMOS SOMENTE HÓSPEDES NESTE MUNDO……

 

By Pastora e Psicopedagoga Monica Druzian Goes

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s