Archive for September, 2009

42-21636722

Sinergia nas Relações Sentimentais

Segundo as escrituras sagradas o homem ou mulher somente serão bem sucedidos estando a comparados do seu cônjuge. A Bíblia é enfática em afirmar que a criação humana não estava completada sem antes de o Senhor estabelecer a companhia da mulher ao primeiro homem. A chegada da mulher não representou em nenhum acrescentar de dores ou enfado, porque o Senhor o fez dormir e tirou-a de dentro dele e para ele a sua companheira. Portanto, é verdadeiro afirmar que não fomos feitos para vivermos sozinhos. A solidão pode ser uma opção de vida, porem não é a indicação do Criador.

 Os sentimentos podem encaminhar-se de um interesse para uma paixão e amor. No entanto, a boa ordem e o cronograma destes sentimentos podem estabelecer o resultado final de sucesso sentimental em nossas vidas, como podem desaguar em frustrações, decepções e profunda infelicidade. Antes que a sua vida se torne desequilibrada e a sua mente uma bagunça, damos a seguir uma seqüencia que vai do namoro ao casamento, onde você pode observar detalhes importantes na organização dos seus sentimentos.

 Por que namorar? – Porque o namoro é a oportunidade de conhecer a pessoa que possivelmente Deus está colocando em sua vida para o fim de casamento.

 Quando namorar? – Três condições relevantes para começar um namoro:

 1 – Quando estiver preparado para assumir responsabilidades; tiver competência para assumir seus atos e suas conseqüências.

 Responda então:

 a) Você tem uma profissão?

 b) Você tem sustento próprio e suficiente para namorar?

 c) Quais são as diferenças entre vocês quanto a cultura, nível social, idade, experiência de fé, condições financeiras? Que tipo de pressão elas exercem sobre vocês por parte dos outros e como vocês reagem a isto?

 2- Para namorar também você deve ter estrutura emocional para lidar com perdas, pois o namoro é temporário, tanto pode acabar como prosseguir para o noivado. É necessário estar preparado para superar traumas, em caso de rompimento, continuar amizade, fraternidade e acima de tudo, não virar doença, descrença, indignação e vingança.

 3- Quando de fato queiram namorar estejam certos de ser a vontade de Deus e tenham a aprovação de seus pais.

 Com quem namorar?

Com uma pessoa que seja salva

Por quem o seu coração teve sentimentos de amor despertados

Por quem você se sinta atraído

Por  quem Deus expresse ser a Sua vontade

Por quem seus pais aprovarem

 Como lidar com os conflitos e frustrações no seu namoro?

 Dialogando

Descobrindo a dificuldade real no conflito

Avaliando o quanto você tem contribuindo para este problema

Os dois juntos devem achar as melhores soluções

Quem ama pensa: Como posso satisfazer as expectativas e necessidades do outro?

 Exerçam perdão

 E se eu quiser acabar o namoro, o que faço?

Se buscou a Deus para começar o namoro, busque-O para terminar. Você deve analisar e avaliar as razões que o estão levando a tal decisão, e as mesmas deverão ser comunicados em amor, de maneira clara que cause o mínimo possível de estrago.

 Ao encerrar esta primeira parte concluímos que resolvidos o primeiro degrau da relação sentimental, que é a fase de namoro. Você poderá começar bem este processo que o levará a felicidade plena. Aconselho a observância dos detalhes expostos e convidamos para acompanhar a segunda parte deste tema.

 Pastor Jonas Goes

42-21818071               “PSICOPEDAGOGIA ATRAVÉS DA PALAVRA “

 

Ao invés de lutar contra o mundo é aprender a viver com o mundo.

 

Vencendo os obstáculos e adquirindo êxito, dando capacitação e sabedoria para uma construção mental edificada. Permitindo olhar dentro de si mesmo e dirigir melhor sua mente.Através destas lições diária você verificará que é realmente capaz de compreender a si próprio e, moldar seu temperamento e sua personalidade para enfrentar os desafios da vida.

Cuidado para não tomar atitudes precipitadas, da qual depois venha se arrepender. Saiba esperar o tempo de Deus.

Sara; nome da mulher de Abraão. Seu nome primitivo era Sarai, querendo dizer princesa ou contenção. Sara tinha uma escrava chamada Agar. Com setenta anos chegou a conclusão de que a sua esterilidade viesse a comprometer a promessa que Deus fizera a Abraão, de que a sua descendência seria numerosíssima. Assim, pois, deu a seu marido para que tivesse filhos por meio da escrava Agar. De Agar nasceu Ismael. Chegando Sara à idade de oitenta e nove anos teve promessa de dar à luz um filho, e ao fim de um ano nasceu-lhe Isaque, o filho da promessa. Foi por ocasião de receber a promessa, que Deus lhe mudou o nome de Sarai, para Sara, que quer dizer princesa.

Gn 21.10  E disse Sara a Abraão: Deita fora esta serva e o seu filho; porque o filho desta serva não herdará com meu filho, com Isaque.

Sara teve um ataque de cólera que é um impulso violento contra o que nos ofende, fere ou indigna; ira. Uma pessoa colérica é uma pessoa irada, brava, descontrolada.

Kurt Schneider conceitua o sentimento como sendo estados do eu que não podem ser controlados por nossas representações, pelos estímulos procedentes do mundo exterior ou por alterações sobrevindas do interior do organismo. O sentimento aceita ou rejeita uma idéia.É um sentimento de ciúme , um sentimento doloroso que evidencia as exigências de um amor inquieto; o desejo de posse da pessoa amada; a suspeita ou certeza de sua infidelidade. O ciúme inibe o pensamento.

Sara desejava ser mãe e tinha uma promessa, mas com sua inquietude cometeu vários Eros. Por não saber esperar o tempo de Deus entregou sua escrava para coabitar com Abraão. O desejo de realizar a promessa foi em busca de um substituto para satisfazer, pelo menos em parte, o impulso interior.

Podemos dizer que a cólera é um impulso de fazer algo. O fim biológico da cólera é permitir ao homem sobreviver.Assim, a cólera é um impulso à luta.Como o propósito da luta é destruir ou matar, então surge o sentimento de frustração nas causas mais comum na vida do ver humano, que é não ter conseguido o que almejava.Pode haver uma frustração dos próprios desejos, impulsos, ambições, esperanças, tendência, instintos, vontade.

Sara ao não conseguir engravidar, se tornou uma mulher frustrada. Ela tomou decisões por si mesma, não consultou à Deus quando deu Agar para coabitar com Abraão.Sara é uma ilustração dos perigos de se tomar as promessas de Deus em nossa própria vontade, nossas próprias mãos.A sua sugestão, de que Abraão recebesse a sua serva como esposa, em vista da esterilidade de Sara, resultou no nascimento de Ismael – uma criança que ocasionou ciúmes e conflitos entre duas mulheres, e mesmo entre os seus dois filhos e, até os tempos atuais entre os seus descendentes.Sarai com a idade de 75 anos, havia exaurido a sua fé, e agora Abraão também fraquejava.Com mais 15 anos para esperar, eles criaram o seu próprio esquema, que o NT identifica como sendo “ segundo a carne “.

O tempo de Deus não é o nosso tempo. SAIBA ESPERAR O TEMPO DE DEUS.

                                       Pastora e Psicopedagoga –“Monica Druzian Goes”.

42-21818444

PSICOPEDAGOGIA ATRAVÉS DA PALAVRA-

TEMPERAMENTO-

O caráter é um conjunto de condições fundamentais, quer de inteligência, de sensibilidade e de vontade, quer mesmo fisiológicos que distinguem um indivíduo de outro qualquer. Em sentido restrito e sob o aspecto moral, o caráter é uma força da alma, uma energia da vontade, uma firmeza de princípios que dão ao indivíduo uma diretriz bem definida na sua conduta.É neste sentido que se diz que este ou aquele indivíduo é bom caráter ou é uma pessoa de caráter.O caráter é devido a fatores de duas origens:uns inatos e outros adquiridos.Como fatores inatos aponta-se o “temperamento”e adquiridos “experiências bio-social.

O Temperamento é um conjunto de características gerais que definem o indivíduo fisiologicamente, mas, relacionando-se com o espírito. Estas características dizem respeito aos órgãos do corpo em geral, ao funcionamento do tecido nervoso em especial e à influência que uns e outros exercem sobre o espírito. O bom e o mau funcionamento dos nossos órgãos exercem como sabemos uma grande influência nas nossas disposições psíquicas, principalmente nas afetividades. Formar um caráter forte é uma das condições para a posse de um caráter firme( Pr. Alberto Montalvão).

O Temperamento na medicina é a parte do psiquismo. Relaciona à estrutura corporal, mediante mecanismos bioquímicos e nervosos.Uma pessoa temperamental é de caráter instável, difícil.Diz-se de quem reage seguindo tão-só os impulsos de seu temperamento.

O Temperamento explica nosso comportamento, sendo parte de nossa natureza humana, ele deve ser controlado. Os Temperamentos básicos não se modificam, mas seus pontos negativos podem ser disciplinados, reorientados e até corrigidos se nós nos conscientizarmos de quais são os aspectos de nosso temperamento que interfere no nosso desenvolvimento espiritual. A idéias de reconhecer os pontos positivos e negativos de cada temperamento ajuda-nos a compreender melhor nós mesmos e aos outros, de forma bem melhor como agirmos ou reagirmos diante de circunstâncias que surgem para tirar o equilíbrio emocional,o controle psíquico e o domínio físico.

Hipócrates- famoso médico grego cunhou um dos primeiros estudos sobre o tipo de personalidade. Sugeriu que “existiam quatro tipos básicos de personalidade, associados aos quatros humores corporais:

A – MELANCÓLICO (deprimido)-um excesso de bile negra produzia o tipo melancólico;

B-COLÉRICO (irritável)-um excesso de bile amarela produzia o tipo colérico;

C-SANGUÍNEO (otimista)-produzido pelo sangue;

D-FLEUMÁTICO-(calmo, impassível)-produzido pela fleuma”.

Lembre-se que nosso temperamento caminhará conosco durante toda a vida. Ele é parte permanente da nossa personalidade, mas ao amadurecermos, crescermos ele se modificará.

Ef 4.30 E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.Longe de vós toda a amargura, e cólera, e ira e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia. Antes sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros como também Deus em Cristo vos perdoou.

O segredo de todo o temperamento está: ser controlado (a) e dominado (a) pelo Espírito Santo.

Pedro; um dos grandes apóstolos de Cristo foi um exemplo de vida transformada pelo Espírito Santo. Antes da ressurreição Pedro era tido como o homem TROVÃO- explosivo,nervoso,irritado,inquieto .Vamos ler em Mt 16.22,23.E Pedro, tomando-o de parte, começou a repreendê-lo, dizendo:Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso.Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que SÃO DE DEUS , mas só as que são dos homens.

Pedro estava tentando ser um obstáculo, uma armadilha para desviar Jesus do seu objetivo. Quantas vezes nos deparamos com pessoas que tentam nos tirar do foco.São pessoas peçonhentas, que lançam esta secreção venenosa, esta substância que altera ou destrói as funções vitais,à fim de nos afastar do caminho em que escolhemos para servir somente à Cristo.às vezes essas pessoas caminham conosco lado a lado, mas são serpentes peçonhentas.

Mt 23.33 Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?

Os escribas e fariseus recusavam a verdade, como também ergueram barreiras, através de seu legalismo, perante aqueles que estavam em busca da verdade. Eram contraditórios, escrupulosamente atentos às coisas externas, cegos espirituais. Eles prestavam bastante atenção a assuntos relacionados à purificação espiritual, enquanto ignoravam a procura de Deus por santidade interior.Eles próprios tramaram para matar o Filho de Deus. Eles rejeitaram o Rei dos Reis. Homens descontrolados por seus temperamentos porque não compreendiam as coisas do Espírito de Deus. E assim acontece hoje nas igrejas e famílias-pessoas descontroladas, prontas para destilar o veneno diabólico, para matar através de uma única palavra ,jorrando sua peçonha infernal.

Mt 18.10 Então, Simão Pedro, que tinha espada, desembainhou-a e feriu o servo do sumo sacerdote, cortando-lhe a orelha direita.

Pedro sempre descontrolado pelas suas emoções. Um temperamento explosivo.

Mt 26.34 Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante três vezes me negarás. Disse-lhe Pedro: Ainda que me seja necessário morrer contigo, não te negarei.

Em Mt 26.74-Então, começou ele a PRAGUEJAR e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou.

Este era o Pedro carnal, descontrolado pelas emoções, mas foi um período de aprendizagem. Durante os anos de convivência pessoal com Jesus, aprendeu a conhecer-se a si e a sue Mestre. Cristo restaura-lhe o coração com paz e confiança e o comissiona a incumbência máxima: levar a luz, descobrir a escuridão espiritual, moral e intelectual, mostrar o caminho da verdade. De um ser incontrolado ,para controlado pelo Espírito Santo.Deixar que o Espírito do Senhor seja a sede das afeições, vontade, desejo, emoções, mente, razão e compreensão.Pedro muda de perturbado, desordenado, tumultuado, agitado, para pacificador, conselheiro,amigo,compreensivo,cheio do amor de Deus para com os oprimidos.

Jo 20.21  Assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós.

Uma nova vida. Capacitados, convicto de continuar aquilo que Jesus havia começado.Deus está aqui e agora presente e ativo nas vidas daqueles que querem mudar para melhor. Não importa para Deus o teu temperamento, pois, Ele vai te moldar segundo o Seu coração. Dominado e controlado pelo Poder do Espírito Santo de Deus.

Pedro era um simples pescador e, mal sabia falar,mas Deus o transformou em um grande orador.Somente com a força do Deus todo poderoso é que seremos transformados.

Is.60.1 Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti.

                                                                    Pastora e Psicopedagoga – “Monica Druzian Goes”

42-21866066

PSICOPEDAGOGIA ATRAVÉS DA PALAVRA

GlÓRIA DOS HOMENS –GLÓRIA DE DEUS

2 Reis 8.ll  E não podiam ter-se em pé os sacerdotes para ministrar, por causa da nuvem, porque a glória do Senhor enchera a casa do Senhor.

Glória=exaltação, majestade, fama obtida por ações extraordinárias, celebridade, renome, brilho, esplendor, honra, homenagem.

A glória de Deus literalmente significa peso, ou seja, a realidade interior que faz de Deus quem Ele é.Receber a presença de Deus fará você ser distinguido de todas as outras pessoas.Não segundo o modelo do mundo,mas segundo o coração de Deus. Somente Deus tem o poder de encher o universo com Sua presença. Deus é o manancial de toda a vida e de todo o poder. Sl 96.6 Glória e majestade estão ante a Sua face, força e formosura no Seu Santuário.  Sl 104.1 Bendize, ó minha alma, ao Senhor! Senhor, Deus meu Tu és magnificentíssimo; estás vestido de glória e de majestade.   Is.6.3  E clamaram uns para os outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos exércitos; toda a terra está cheia da Sua glória.

A glória é aquele aspecto do caráter de Deus que enfatiza a Sua grandeza e autoridade.

A glória é maior ou mais intenso que o normal, aquilo que é substancial ou pesado; honra, esplender, poder, riqueza, autoridade, magnificência, fama, dignidade, abundância e excelência.

No A.T o tabernáculo era uma estrutura em forma de tenda, que servia de casa portátil de adoração, aos israelitas, enquanto peregrinavam no deserto. Uma vez os israelitas estabelecidos no seu próprio país, Davi expressou o desejo de construir uma casa permanente de adoração ao Senhor , e este reino seria estabelecido por Jesus Cristo. A culminância da promessa de Deus era que da linhagem de Davi viria um descendente que seria o Rei messiânico e eterno. Este Rei dominaria sobre os fiéis em Israel e sobre todas as nações. Sairia da cidade de Belém, e seu governo se estenderia até os confins da terra. Ele seria chamado: O Senhor, Justiça Nossa e consumiria a redenção do pecado. Jr 23.6

2 Cr 5.1 Assim, se acabou toda a obra que Salomão fez para a “Casa do Senhor”; então trouxe Salomão as coisas consagradas de Davi, seu pai; a prata, e o ouro, e todos os utensílios, e pô-los entre os tesouros da  Casa de Deus.

O Templo então era a casa , a habitação, a morada de Deus.

No N.T Jesus Cristo veio para ser morada eterna nos corações dos homens.

Jo 4.19-24    Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalem o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos por que a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade, porque o Pai procura a tais que assim o adorem.Deus é Espírito, e importa que os que o adorem o adorem em espírito e em verdade.

A ênfase do culto, para os cristãos, transferiu-se do templo para o próprio Jesus Cristo. É Ele, quem agora representa a presença da glória de Deus. Jesus declara ser Ele o próprio templo.Mediante o seu sacrifício na cruz, Ele cumpriu todos os sacrifícios que eram oferecidos no templo. Note também que na sua fala à mulher  samaritana, Jesus declarou que a adoração dentro em breve seria realizada, não num prédio específico, mas em espírito e em verdade, onde as pessoas verdadeiramente cressem na verdade da Palavra de Deus e recebessem o Espírito de Deus por meio de Cristo.

Então o Templo de Deus é o local de receber a Glória de Deus , um santuário, onde desce a nuvem de glória, local onde opera a soberania, a supremacia do Rei, governo restrito de Deus, local separado e consagrado somente à serviço de  Deus.Ter o sinal visível do sagrado , dQuele no qual céu e terra, Deus e homem se tornam um só.

Um povo separado(santo) para ser Templo e receber a Glória de Deus.Uma nova identidade, com características e mentalidade do Pai. Ef 2.22 No qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito.

Há uma grande diferença em receber a glória deste século.A mentalidade humana espera receber honras deste mundo. O homem deposita toda a sua confiança naquilo que considera como sua esperança, fora de Deus; lamentavelmente são muitos que se deixam seduzir pelo brilho deslumbrante deste mundo, desejando sucesso, fama, dinheiro , honra, poder,etc…

Jesus quando veio ao mundo poderia ter mostrado todas as glórias,bem que Satanás quis desviar sua atenção para as coisas deste mundo.Mas o objetivo de Jesus Cristo era levar a glória para todos , satisfazer o Seu propósito. Ele não veio para ser um líder político, um artista, um cantor , não veio para a fama deste mundo.O objetivo do Cristo era a salvação da humanidade,um canal entre terra e céu por onde passaria a glória para todos os que cressem e das trevas pudesse resplandecer a luz.

Receber a Glória de Deus é ser transformado e capacitado para conduzir pessoas ao caminho da paz, da verdade.Estar dispostos para que este caminho se estenda, sem limites, diante dos olhos do mundo.Conscientes de que a doação de Jesus Cristo não foi em vão, que é possível  transformar a humanidade e, na medida em que todos como pedras vivas e fundamentais trabalhem para uma construção de um novo amanhecer, de uma nova esperança,pedras fundamentais para um grande edifício que é o amor e a união entre todos os povos , então estaremos realmente sendo um canal para que a Glória de Deus desça e mude a humanidade.O verdadeiro templo de Deus não está constituído por paredes, nem por tradições, porém por indivíduos sobre os quais Deus deseja manifestar Sua Glória.

Hoje você tem a escolha: morada de Deus ou morada do homem.Você escolhe, vida ou morte.

                                                      

                                                          Pastora e Psicopedagoga –Monica Druzian Goes –

42-17178167Jz11-1Era, então, Jefté, o gileadita, VALENTE E VALOROSO, porém filho de uma prostituta-

Jfité era filho ilegítimo e por isso foi expulso do lar paterno por seus irmãos de leg[itimo consórcio.Sentiu muito a injustiça que lhe fizeram.

Afronta=injúria lançada em rosto, ultraje, vergonha.

Jefté foi expulso do lar paterno, foi rejeitado,humilhado,lançado fora, repudiado.Ele sofreu um agouro,como se fosse anunciador de desgracas-FILHO DE UMA PROSTITUTA-

JEFTÉ  não se sentiu derrotado,retirou-se para um local seguro e recomeçou ,graças à sua altivez e valentia.Se tornou capitão de homens que acreditavam nos seus ideais.Vendo-se em apertos, os príncipes de Gileade que haviam expulsado a Jefté, viram-se na contingência de implorar o seu auxílio, dizendo-Vem, e sê o nosso príncipe para combateres contra os filhos de Amom.

O profeta Samuel citou o seu nome como um dos heróis fiéis a Deus, libertador de seu povo nos dias do cativeiro.Na eístola aos Hebreus o seu nome figura entre os grandes exemplos de fé em Deus.(Hb.11-32).

A mão de Deus está sobre os justos.O Espírito Santo ensina que os justos podem crer que Deus os liberta e ajuda em tempos de aflição.A vitória é o ato ou efeito de vencer o inimigo ou competidor e, se somos filhos de Deus , estamos nas suas mãos.

Deus chamou Jefté de Valente e Valoroso.Somente Deus tem o poder de penetrar na alma.

Hb 10.16-Porei as minhas leis em seu coração e as escreverei em seus entendimento,e Eu lhes serei por Deus, e ele serão meu povo.

O povo de Deus não se deixa esmorecer.Ser valente e valoroso é ser potente, que pode , que tem a capacidade de fazer ou produzir algo.Estratégias energéticas substituem a raiva.Os rótulos não incomodam aos escolhidos ,porque vestidas estão as almas dos dons do Espírito- caridade, gozo, paz, bondade, benignidade, longanimidade, mansidão, fé, temperança.Nunca pararão de lutar  porque o Consolador direciona e ajuda para suportar as hostilidades e adversidades do sistema mundial.Jesus deixou bem claro sobre as aflições,pressão, opressão, estresse, angustia,tribulação.Seríamos esmagados, apertados, espremidos até o cerne( núcleo) para que pudesse sair a essência do nosso interior.

Através do poder de Deus aumentamos a capacidade cerebral.Deus é quem qualifica,quem reconhece as qualidades, os méritos, e, faz apto, idôneo para exercer um cargo ou função.

Deus nos conduz  através do fluxo espiritual, como um rio de águas vivas que brota do nosso interior, conscientemente, pega os pensamentos e dá-lhes a direção através dos nossos objetivos.Escolher tampar o fluxo e cessar as águas e ser somente um homem carnal, ou abrir mais o canal  que nos conduz ao Trono, e aumentar o potencial- Eu posso todas as coisas naquele que me fortalece-Fp 4.

Cientificamente a energia está nas águas e é conduzida para todos os lugares.O filho de Deus está sintonizado com as Águas Vivas que desce do Trono de Deus.Se as águas da terra têm o poder de criar energia,imagine o ser espiritual criando uma energia sobrenatural  através das Águas da Vida!

Isaías 43.2

Quando passares pelas águas, estarei contigo,e, quando pelos rios, eles não te submergirão,quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.

3-Porque eu Sou o Senhor, teu Deus.

Não tenha medo das adversidades, parecendo mar revolto, tempestuoso, que surge para nos afrontar.A mão de Deus te sustentará.Fixe o seu olhar do outro lado e calmamente, relaxado, passo a passo, vai atravessando.Siga equilibrado.Isaías 43.19 Eis que farei uma coisa nova, e, agora, sairá à luz, porventura, não a sabereis   ?Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo.

Deus olha a  virtude, o coração.A graça Dele nos basta. Se colocaram algum rótulo em você, lembre-se que para Deus você é VALENTE E VALOROSO(a)

 

By Pastora e Psicopedagoga Monica Druzian Goes

42-19674470Mc.2-1 ,12-

E, alguns dias depois, entrou outra vez em Cafarnaum,e soube que estava em casa.E logo se ajuntaram tantos, que nem ainda nos lugares junto à porta eles cabiam, e anunciavam-lhes a palavra. E vieram ter com ele, conduzindo um paralítico, trazido por quatro.E, não podendo aproximar-se dele, por causa da multidão, descobriram o telhado onde estava e, fazendo um buraco, baixaram o leito em que jazia o paralítico.E Jesus, vendo-lhes a fé, disse ao paralítico=Filho, perdoados estão os teus pecados- a ti te digo=Levanta, e toma o teu leito, e vai para tua casa.E levantou-se e, tomando logo o leito, saiu em presença de todos, de sorte que todos se admiraram e glorificaram a Deus, dizendo=Nunca tal vimos.

Independente dos obstáculos, o desafio daqueles quatro homens era levar o paralítico à presença de Jesus.

O mundo físico é uma imagem finita dos reinos infinitos.O pensamento positivo e o otimismo criaram possibilidades de conseguir tal empenho.

Possibilidade é o que pode ser, acontecer ou praticar-se.Aqueles homens não se exporiam ao ridículo de carregar um paralítico, se não houvesse uma possibilidade.Jesus estava na cidade. O pensamento dos quatro era conseguir chegar à presença do Rei.

Imaginem as conseqüências do ridículo sofrido por pessoas rindo, zombando e desacreditando daqueles homens destinados a partilhar do bem, expressando a compaixão por um ser humano.Mas eles não se deixaram dominar por comportamentos e pensamentos negativos. Continuaram a jornada,pois, havia um propósito que era chegar à presença do Rei.

Colocaram a fé em ação e, vencendo o temor, chegaram até a casa onde o Senhor Jesus estava.

Inúmeras pessoas bloqueavam a entrada. Poderiam se justificar e deixar o paralítico no chão, mas eles tinham uma meta, um objetivo que era colocar o paralítico na presença do Rei.

Muitas coisas acontecem para desviar da meta, dificuldades, problemas para tirar a motivação,mas é necessário ter uma visão clara e uma forca de convicção para realizar o propósito mesmo  em meio à adversidades.

Os quatro homens tinham uma prioridade(qualidade do que ou de quem é o primeiro),chegar à presença do Rei e colocar o paralítico na Sua presença.

Cada um de nós possui o potencial de repartir a nossa percepção e orientação, bem como a de obtê-las de outrem.Havia uma prioridade e direcionaram suas forcas a introspecção a alma e através do equilíbrio interior perseveraram em não desistir da meta .Não havia probabilidade de passar pela multidão, então encontraram uma saída que foi subir pelo telhado.Imaginem as dificuldades como=dores de coluna,cama pesada, perigo de deixar o paralítico cair, a corda poderia se romper,poderiam cair os cinco lá de cima.Mas eles colocaram a fé em ação, praticar um ato de benevolência para uma outra pessoa. O determinado ato, o motivo pelo qual encontraram o desafio estava determinado sobre a jornada daquela alma.Sabiam que se chegassem à presença do Rei tudo iria dar certo.Aqueles homens estavam unidos por uma fé genuína.É a fé que crê que recebeu e não uma fé que espera receber.Ter a esperança de ser curado,é muito diferente de crer que está curado.Os que crêem que receberam, recebO mesmo princípio é verdadeiro quando ao viver vitorioso.Se você crê que já é vitorioso, experimentará vitória após vitória.A palavra dom Senhor é clara=Quem crê que recebeu, receberá.

A morte do Senhor Jesus Cristo na cruz não é meramente para a redenção do pecado, mas é também para liberar a vida divina.Hb.11.1  Ora, a fé é a certeza de cousas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem.

A essência da nossa fé é enfatizar Jesus, o Filho de Deus.A mulher com o fluxo de sangue simplesmente tocou na orla da veste de Jesus , e imediatamente ficou curada.Quando Jesus disse que alguém o tocara, é porque alguém o havia tocado. É Sua Pessoa que atrai. Unicamente Ele é o fundamento da nossa fé.A palavra CRISTO é proveniente do grego e significa O UNGIDO. Ele foi comissionado para tal tarefa.

Não desista do seu objetivo.O peso da  responsabilidade está em você, mesmo diante de uma luta feroz. A mesma voz que despertou o menino próximo a Naim, que fez com que a filha de Jairo se movesse, que reanimou o corpo de Lázaro, é a mesma voz ainda que fala hoje.

Mc.5.28 Porque dizia=Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei.

Frequentemente, os Evangelhos falam dos enfermos tocando em Jesus, ou Jesus tocando os enfermos.O que importava era o contato com Jesus e a sua presença.Há poder sanador no toque de Jesus, porque Ele se compadesse das nossas enfermidades,e porque Ele é a Fonte da Vida e da Graca.Nossa atitude ao buscarmos a cura é aproximar-nos de Jesus e permanecer na sua presença.

No decurso de toda história da redenção, os fiéis sempre confiavam em Deus mesmo quando parecia que tudo estava perdido.

Compaixão é uma emoção que comove a pessoa até o íntimo do seu ser.Fala da tristeza que alguém sente pelo sofrimento e infortúnio do próximo, juntamente com o desejo de ajudá-lo. Jesus espera que semelhante atitude motive atos compassivos dos seus seguidores.

Todas as vezes que alguém toca em Jesus sai virtude.A virtude é uma disposição firme e constante para a prática do bem.

Aqueles quatro homens conseguiram colocar o paralítico na presença do Rei.Jesus olhou a perseverança, a ousadia daqueles homens.Mesmo sem probabilidades eles creram e confiaram-AGORA É COM VOCÊ JESUS- E Jesus olhando para o paralítico lhe disse=

Levanta-te…..Toma o teu leito, e vai para tua casa.

Jesus honrou a fé daqueles quatro homens.Jesus neste dia também vai honrar a tua fé.

Muitos olharão para você e sua família e falarão== NUNCA VIMOS TAL ACONTECIMENTO….

 

By Pastora e Psicopedagoga Monica Druzian Goes

42-21964307Eclesiastes 12.

Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer Não tenho neles contentamento,  antes que se escureçam o sol, e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva,

A Bíblia divide a história em dois séculos, O PRESENTE SÉCULO MAU E O SÉCULO FUTURO.

Os dois séculos estão atualmente caminhando em paralelo. Jesus veio para nos resgatar do domínio do século antigo e para nos transferir para o século vindouro.

Os jovens buscam segurança em coisas temporais, se prendem à posses materiais.Mesmo que todos ao nosso redor busquem os prazeres desta era, Deus adverte ao jovem, sobre sua responsabilidade, perante à sociedade, pelo reconhecimento de suas atitudes,pois, a vida passa rápido demais e não se deve degenerá-la em práticas que resultará em aflição e sofrimento.

Deus quer que seu povo se alegre e que os jovens desfrutem da sua juventude, mas cuidado por onde colocar os pés. O sábio evita danos, porque sabe o que pode acontecer e se acautela dos perigos ocultos. Os nossos olhos são a janela da alma,mas o imprudente com apenas um olhar pode estragar tudo.Não seja insensato preocupado apenas com a beleza exterior. A velhice chegará para todos e, haverá tempo em que não mais enxergará  com perfeição. O sol se escurecerá e, perderá a alegria porque não conseguirá mais caminhar sozinho e, precisará ser conduzido.

Deus adverte que sois vasos de barro, seres humanos fracos e limitados.

Os jovens não se preocupam com a alimentação. Não viva segundo o sistema do mundo. Tenha um propósito. A fome e a sede de justiça deverão ser pelas coisas de Deus. A preocupação pelas coisas do mundo, pelo engano das riquezas, pela ambição pelas coisas materiais, pelos prazeres do mundo, traz ao homem destruição e cessa a fome e a sede de Deus. Você consegue se auto-disciplinar, porque não é produto de evolução, mas a imagem e semelhança de Deus. O corpo físico voltará ao pó um dia, e a vida passa rápido demais. Quando chegar a velhice andarão com  dificuldades, terão medo de cair, terão limites.Lutarão contra a solidão, pois, não conseguirão mais sair de casa, e muitas vezes morrerão abandonados .Tudo se tornará mais difícil.Os velhos são olhados sem misericórdia, sem serventia e um rosto cheio de rugas representa nojo perante uma sociedade.Não tem o direito de seus sentimentos, pois, são considerados como fonte seca e sem atração.Seguem seus caminhos lentamente, cheios de ressentimentos e amarguras,intrinsecamente entrelaçados pela mente e emoção.

Vaidade de vaidade, tudo é vaidade.

Atenta jovem que não há limite para fazer aquilo que quer. Lembra de uma verdade solene e inalterável=a prestação de contas do ser humano perante Deus, por todos os seus atos chegará.Todos os nossos atos, bons ou maus.O grande sábio Salomão deixou as palavras de sabedoria em Ecl.12.13-De tudo o que se tem ouvido, o fim é- Teme a Deus e guarda os seus mandamentos, porque este  é o dever de todo homem.

Se cada jovem colocar suas esperanças na misericórdia daquele que pode intervir na restauração de suas vidas, não haveria medo da velhice, porque ela chegaria de uma forma equilibrada, moldada de experiências, de essência positiva e significativa, trazendo com ela o saber aconselhar, a virtude de amar, registros de experiências para poder ensinar, a capacidade de treinar jovens para o cumprimento da vida.

A empatia de duas gerações-Sabendo escutar e ouvir o que cada um tem a transmitir. Relacionamentos interpessoais.Na aceitação mútua, na unidade, um tem o saber ensinar, e o outro, o vigor e a paciência de aprender.Reciprocidade, respeito, amor,laços de união unindo duas gerações.

O momento é único, e o presente é agora. Vamos nos engajar  para uma mudança determinada que resultará em resultados para o futuro.O velho não é chato, e o jovem não é maluco, são gerações procurando se identificar o significado da vida e morte, onde começa e onde termina.Esperando o trem que pára na estação, levando os amores da vida e deixando apenas a saudade.Assim é a vida. Uns chegam, e outros vão, mas são vidas em ação. Então para que complicar.Respeitar o mais velhos não é impossível.Ambos estão ainda aprendendo com a vida, porque somente a vida nos ensina o certo e a verdadeira direção.

VAIDADE, VAIDADE…………TUDO PASSA

SOMOS SOMENTE HÓSPEDES NESTE MUNDO……

 

By Pastora e Psicopedagoga Monica Druzian Goes