VALORIZE A VIDA

Posted: 29/04/2009 in Intimidade com o Pai
Tags:

bibliaValor- qualidade que faz estimável alguém ou algo; valia. Valioso é o que vale muito. Valorizar é dar valor, ou aumentar o valor de, reconhecer as qualidades, os méritos de (pessoa, ação, coisa, etc.). Valoroso- valente destemido.

Uma raposa encontrou apetitoso cacho de uvas pendurado a certa altura do chão. Pula que pula; estica-se de todas as formas tentando alcançá-lo, mas em vão. Esgotado pelo esforço inútil abandona o local dizendo desdenhosamente: Estão muito verdes essas uvas.

A raposa frustrou-se diante de uma situação.

Frustrar-se é enganar a expectativa, decepcionar-se, sentir-se inútil, iludir-se, falhar.

Um indivíduo pode se frustrar por outros, pela natureza ou por si mesmo.

Uma pessoa com fome pode ser frustrada pelo fato de encontrar o armário da cozinha ou a geladeira vazia.

O indivíduo, crendo que pode e deve evitar frustrar-se conclui que não se magoou ou não se decepcionou e ignora a tensão que surgiu como ressentimento. Geralmente, esse processo não é consciente e a pessoa pode crer com toda a sinceridade que tenha evitado a mágoa.

A raposa não conseguiu apanhar as uvas, mas desvalorizou-as. Ao não conseguir o intento desejado, as pessoas também tendem a desvalorizar os que conseguem.

As pessoas desesperançadas da vida, insatisfeitas consigo mesmas, com mau-humor, azedas, têm a tendência de culpar os outros pela sua própria infelicidade e frustração.

As pessoas fracassadas são atormentadoras, imaturas, irresponsáveis, irrespiráveis, causadoras de contendas, caluniadoras, mentirosas, homicidas criadoras de ciladas e culpam alguém por seus próprios insucessos. Não conhecem a palavra respeito, pois, não se respeitam; e manipulam o indivíduo, explorando seus sentimentos para um determinado fim.Seus pensamentos são horríveis, pensam apenas em dar golpes, levam os outros no bico, passam a conversa, falam em amor apenas com alguma finalidade, para o seu próprio proveito e benefício.

A pessoa frustrada é invejosa, tudo que o outro tem, ela também quer; o sucesso e o brilho do outro a incomoda e acaba por destruir-se, acaba sendo seu pior inimigo. Acha que a vida gira apenas em torno dela; é como se só ela tivesse direitos e necessidades, passa a ser o centro.

A raposa poderia ter aceitado a derrota e procurar outro caminho.

A pessoa precisa querer evoluir, crescer. Não é o que o outro pensa ou acha, mas eu tenho que encontrar o valor da minha própria vida, da minha própria existência como ser humano.

O primeiro passo para mudar é aceitar que se frustrou que se decepcionou que se irritou, e o que fazer com estes sentimentos ruins?

Se você empurrar ou jogar a bola ela vai se movimentar, mas é um movimento passivo, vem de fora. A ação do homem vem de dentro. A bola não se mexeu: ela foi mexida. O homem se mexe, tem vida em si.

O ressentimento, a frustração não desaparecerá senão quando desafogados. É necessário praticar algo, uma atitude usada para construção, em benefício de uma finalidade para o bem.

Seja por hoje um otimista; aquele que acredita que pode que retoma com determinação, com crescimento. Fracassar é falhar, derrotar é desviar da rota, mas isso não quer dizer que você se tornou um fracassado ou derrotado; não consegui por hoje, mas vou tentar achar outro caminho amanhã.

Seja um canal de força transformadora, palavras que desgraça, em graça. Achar sua auto-estima é apreciar a própria auto-importância.

Algumas árvores são altas, outras são baixas, mas jamais questionam por serem pequenas e nunca se sentiram inferiores ao lado das grandes. Grande ou pequena cada pessoa tem o seu valor.

A melancia rasteja e a jabuticabeira é importante, mas deita debaixo do pé de jabuticaba e pense; se fosse melancia e uma caísse na sua cabeça.

As duas frutas são importantes e cada uma faz seu papel dentro daquilo que é dar vitaminas ao homem.

Um famoso palestrante começou um seminário segurando uma nota de 100,00 reais. Ele amassou a nota, jogou-a no chão, e pisou em cima. Depois pegou a nota e perguntou à platéia quem queria aquela nota. Todos queriam a nota mesmo amassada e suja.

O preço de nossas vidas não é pelo que fazemos ou que sabemos, mas pelo que somos. Nós temos o nosso valor. Mesmo que às vezes estamos cansados

A vida é como caminhar na mata. Galhos para todos os lados, espinhos, buracos, montanhas, pernilongos, calor, chuva, suor, enfim, o caminho nem sempre é fácil. Sempre que as pessoas se destacam sofrerão críticas, falatórios, palavras desencorajadoras , roubando-lhe a confiança, o que importa é caminhar.

Hb.13.6-E, assim, com confiança, ousemos dizer: O Senhor é o meu ajudador, e não temerei o que me possa fazer o homem.

Ajudador é alguém que vem correndo quando gritamos por ajuda.

Deus sempre virá em nosso auxílio com palavras orientadoras, palavras que se voltam para o oriente onde há luz, onde nasce o sol.

Você pode, basta somente crer- há um milagre sim-DEUS É O DEUS DO IMPOSSÍVEL.

Advertisements
Comments
  1. Fernanda says:

    Creio que vida é um dom de Deus, e a nossa manifestação mais nobre é louvar o Senhor que nos faz viver. Cultivá-la e respeitá-la é a prova da nossa fidelidade a Deus.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s